BRUNO COVAS ABRE 13 MIL NOVAS COVAS NA CIDADE DE SÃO PAULO. MAS TODO O ESTADO REGISTROU 47 MORTES SUSPEITAS DE COVID-19 EM UM DIA

Por Olivier
Prefeito faz propaganda mórbida com dinheiro público. A curva vem caindo desde que o novo ministro da Saúde assumiu e passou a fazer auditoria da contagem
O prefeito Bruno Covas anunciou hoje em entrevista coletiva que vai dobrar a capacidade de sepultamento na capital paulistana. De 240 a 400 corpos diariamente.
Covas pretende abrir mais 13 mil valas para possíveis cidadãos vitimados pelo vírus chinês. E alerta: “O pior ainda está por vir“.Não se sabe quando o pior virá, mas a profecia pontificada por alguns cientistas ungidos pela imprensa profissional era para ser cumprida em fevereiro, depois em março, e agora em abril. Não aconteceu, mas Covas garante que todas as previsões contrárias estão erradas.
A aposta do prefeito no apocalipse “corônico” não vê limites. Covas abrirá novas covas e dobrará a capacidade de sepultamento, mesmo com o índices baixo de óbitos pelo novo coronavírus no estado de São Paulo, como mostra o gráfico do Portal Transparência do Governo Federal:

É a política do terror.
Fonte: Senso Incomum

Postar um comentário

3 Comentários

  1. Caixão vazio não reclama ser enterrado. E,olha, as funerárias também investiram alto nesse corona. Precisam colocar os caixões estocados.

    ResponderExcluir
  2. A cova dele.tbm.já esta reservada nesse rio ai.

    ResponderExcluir
  3. NÃO VAI FICAR COMO ELES O GOVERNO IRÁ FISCALIZAR É MUITA CORRUPÇÃO ISTO é uma VERGONHA NÃO SALVA NINGUÉM ESTE VIRUS E PIOR A GRIPE ESPANHLA MAIS O POVÃO BRASILEIROS VAI LUTAR...

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.