BOLSONARO:“DA MINHA PARTE, ESTÁ LIBERADO. TIRANDO AS QUESTÕES DE SEGURANÇA NACIONAL, PODE LIBERAR”

O presidente Jair Bolsonaro afirmou no final da tarde de hoje, na frente do Palácio da Alvorada, que determinou que a reunião de ministros no Planalto, nesta terça, não fosse filmada como foi a reunião de 22 de abril.
Nas palavras do chefe do executivo, a reunião não foi filmada justamente para “evitar esse problema” de possível divulgação do vídeo posteriormente. Disse que a preocupação era com questões de segurança nacional. “Não é algo previsto em lei que você tem que filmar e guardar por tanto tempo depois”, disse.
Da minha parte, está liberado. Tirando as questões de segurança nacional, pode liberar. A minha parte, inclusive com alguns palavrões, pode liberar. Tudo o que interessar para o inquérito pode liberar”, disse,
Fonte: Gazeta do Brasil

Postar um comentário

0 Comentários