PRESIDENTE NÃO PODE MAS GLOBO TEM ACESSO EXCLUSIVO A RELATÓRIO DA PF NO CASO ADÉLIO

Por Paulo Eneas
Uma nota publicada hoje (30/04) no jornal O Globo, assinada pela jornalista Bela Megale, informa que o próximo relatório da Polícia Federal, a ser divulgado oficialmente dentro de algumas semanas, irá concluir mais uma vez que o criminoso Adélio Bispo de Oliveira, que tentou matar o então candidato Jair Bolsonaro em setembro de 2018, agiu sozinho e que não houve mandantes para o crime.
Bela Megale é a mesma jornalista que divulgou antecipadamente o conteúdo do que viria a ser a fala do ex-ministro Sérgio Moro no dia em que ele anunciou ao público sua saída do governo. O que indica obviamente que existe um canal privilegiado de acesso a informações por parte da Globo junto ao ex-juiz e junto à Polícia Federal.
A conclusão do relatório, de que o criminoso Adélio teria agido sozinho sem o envolvimento de terceiros, é inaceitável ante todas as evidências que envolvem o caso: treinamento em cursos de tiro de custo incompatível com a condição financeira de Adélio, disponibilidade de advogados caríssimos para sua sua defesa, além da logística na cidade de Juiz Fora (MG).
Além da inverossimilhança das conclusões, chama a atenção o fato de o conteúdo e um relatório de investigação criminal da Polícia Federal, ao qual nem o Presidente da República tem acesso, tenha vindo parar nas mãos da mesma jornalista que já sabia o que um ex-ministro de Estado iria dizer, literalmente, antes de anunciar sua saída do governo.
Entendemos que cabe ao Ministro da Justiça, André Mendonça, exigir do diretor interino da Polícia Federal, Disney Rosseti - que possui ligações sabidas com Alexandre de Morais, as explicações cabíveis sobre esse fato que é, de todo, tão inaceitável quanto as supostas  conclusões do próprio relatório.
Fonte: Crítica Nacional

Postar um comentário

2 Comentários

  1. A VERDADE VAI PREVALECER HAJA O QUE HOUVER.
    SOU UMA PESSOA QUE GOSTO DA VERDADE DOA QUEM DOER.
    A VERDADE AS VEZES DOI MAS LIBERTA.🙏
    🙋‍♂️🙋‍♂️🙋‍♂️🙋‍♂️🙋‍♂️

    ResponderExcluir
  2. Cabe também ao novo ministro e ao novo DG da PF, ir à fundo nessa investigação, bem como instalar uma sindicância interna, com a finalidade de descobrir a fonte que vaza informações e relatórios para a Rede Esgoto. Esse informante tem que ser rigorosamente punido, civil e penalmente.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.