GENERAL RAMOS DIZ NÃO HAVER POSSIBILIDADE DE GOLPE MILITAR

minha geração é radicalmente democrática”
O ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, disse nesta quarta-feira (03), em entrevista à rádio Band, que não há possibilidade de golpe militar contra a democracia.
“É ofensivo às Forças Armadas, em particular ao Exército Brasileiro, alguém dizer que vai haver ruptura e que vai haver golpe. Isso é ofensivo, não é aceitável. A minha geração é radicalmente democrática”, afirmou.
“Estou no governo como um cidadão brasileiro convocado pelo presidente. Eu não tenho tropa, não participo de atividades do Alto Comando do Exército. Não tenho influência, eu tenho é relação de amizade”.
E finalizou:
“A minha responsabilidade de estar no governo é de não fazer feio, de corresponder à confiança e história que eu tenho no Exército. Agora, eu realmente não estou ali representando as Forças Armadas”.

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Falou como ESTRATEGISTA!!! Aguardem os esquerdoPaTas COMUNISTAS!!!!!!kkkkkkkk já vi essa história.....KKKKKK

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.