BOLSONARO LIBERA R$ 1,9 BILHÕES PARA PRODUÇÃO DA VACINA DE OXFORD

Crédito extraordinário deve bancara confecção de 100 milhões de doses da chamada 'vacina de Oxford'.
O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou uma medida provisória que libera R$ 1,9 bilhão para viabilizar a produção de 100 milhões de doses vacina da Universidade de Oxford contra o novo coronavírus.
A abertura desse crédito extraordinário segue agora para análise do Congresso Nacional, que terá até 120 dias para aprová-lo.
A expectativa do governo Bolsonaro é que, caso a vacina em estudo seja eficaz, uma campanha de vacinação contra a Covid-19 possa ser realizada em 2021.
Por se tratar de uma medida provisória, o dinheiro fica liberado assim que o texto for publicado no “Diário Oficial da União”.
O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello e a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade de Lima, participaram da cerimônia de assinatura.

Postar um comentário

0 Comentários