JAPÃO CONCEDERÁ SUBSÍDIOS PARA EMPRESAS DEIXAREM A CHINA

Japão destinou US$ 221 milhões para ajudar empresas que transferirem sua produção para outros países do Sudeste Asiático.
O governo do Japão decidiu incluir Bangladesh Índia como possíveis destinos para empresas que optem por retirar suas fábricas da China.
A medida é uma expansão de um programa lançado em meio à pandemia de coronavírus para diversificar a cadeia de suprimentos do país.
O programa visa tornar o Japão mais independente e garantir um fluxo constante de produtos ao país.
A dependência da China veio à tona nos primeiros dias da pandemia, quando Pequim paralisou a atividade econômica do país por causa da proliferação do vírus.
Agora, ao abrir uma segunda rodada de inscrições, o Ministério da Economia incluiu os dois países como possíveis destinos de projetos que “contribuem para a resiliência da cadeia de suprimentos”, destaca o jornal Valor Econômico.
Fonte: Renova Mídia

Postar um comentário

0 Comentários