CHINA RECEBE AVAL PARA COMPRAR FATIA EM TERMELÉTRICA DO RIO

SPIC passará a deter 33% nas duas usinas e em potenciais projetos futuros.
A elétrica State Power Investment Corp (SPIC), da China, recebeu aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para operação pela qual adquiriu participação em empreendimentos termelétricos em implementação no Porto do Açu, no Rio de Janeiro.
No início de agosto, a companhia chinesa anunciou um acordo vinculante para comprar inicialmente 33% dos projetos térmicos GNA I e GNA II.
Juntos, os dois projetos somam 3 gigawatts em capacidade a partir de gás natural liquefeito (GNL).
De acordo com despacho publicado no Diário Oficial da União, desta terça-feira (13), o negócio foi autorizado “sem restrições” pelo Cade.
Fonte: Renova Mídia 

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Pedi tanto, que nada mais fosse vendido, para esses malditos chineses, Mesmo decepcionada, vou acreditar em nosso Presidente,
    Mas pppppp da vida, viu Excelencia.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.