EXÉRCITO BRASILEIRO ENCERRA EXERCÍCIO NA AMAZÔNIA

Por Bombeiros DF
No último dia 24 de setembro foi encerrado o exercício militar na Amazônia.
A operação contou com mais de 3,6 mil militares e teve como objetivo aprimorar ações do exército brasileiro em defesa da soberania do Brasil. 
Para a execução do exercício foi aplicada uma grande manobra logística que consiste na concentração estratégica de meios de engenharia de várias organizações militares do Brasil. 
A grande mobilização está envolvendo três Grupamentos de Engenharia localizados em João Pessoa (PB), Manaus (AM) e Campo Grande (MS), além do 2º Batalhão Ferroviário sediado em Araguari (MG).
Soberania da região
O governo Federal e outros integrantes do Executivo têm feito publicamente uma defesa enfática da soberania da Amazônia desde o início do governo em meio a pressões internacionais por uma melhor gestão da floresta amazônica ante o aumento do desmatamento e das queimadas na região.

Militares das Forças Armadas também foram deslocados para a região para ajudar a combater crimes ambientais.
No entanto, os incêndios na floresta se agravaram em setembro, segundo dados de satélite.

Além disso, embora o desmatamento tenha caído em agosto na comparação com o mesmo mês do ano passado, a devastação da Amazônia permanece em patamares elevados.
Com informações do Exército Brasileiro e BNC

Postar um comentário

0 Comentários