OBRAS DA W9 AVANÇAM APÓS ACORDO HISTÓRICO

Cerca de R$ 1,7 milhão é investido pela Terracap na obra viária do Setor Noroeste
A aguardada Avenida do Ipês, a via W9 do Setor Noroeste, vai sair do papel após mais de 16 anos de espera. Isso só é possível graças a acordo histórico da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) com os indígenas que viviam no local e ocupavam um trecho da área. Em julho deste ano eles foram realocados.
Para preservar o Santuário dos Pajés, a via teve seu trajeto mudado (foto). A expectativa é de que a obra seja entregue até o fim do ano. Cerca de R$ 1,7 milhão é investido pela Terracap no empreendimento.
Uma vez concluída, a W9 permitirá o tráfego de veículos entre o Setor de Transporte Norte (STN) e a DF 040, próximo ao Setor de Recreação Pública Norte (SRPN). A via terá duas pistas com três faixas cada uma.
As mudas dos ipês que dão nome à via já estão em preparo. A ideia é plantar centenas delas nas próximas semanas, ao longo de toda a via.
A obra é resultado de convênio entre a Terracap e a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), que é a executora das obras. Serão construídos 600 metros de via asfáltica ao todo.
Muito já foi feito. Conforme cronograma de obras, é preciso realizar abertura de vias, escavação, terraplenagem, drenagem pluvial, bases em BGS (brita graduada), bocas de lobo, pavimentação asfáltica, sinalização, colocação de grama e paisagismo.
Diretor técnico da Terracap, Hamilton Lourenço explica que a obra de drenagem já foi iniciada. “Essa etapa é o coração da obra, é de extrema importância, mas não é tão perceptível pela população, pois fica abaixo da terra. Precisamos realizar um trabalho bem estruturado para evitar alagamentos e inundações”, explicou.
* Com informações da Terracap

Postar um comentário

0 Comentários