SOCIALISMO E COMUNISMO PARA CRIANÇAS

Por Paulo Briguet 
Explicando o sistema mais criminoso da história a um menino de 12 anos
Um amigo me pediu uma definição de comunismo e socialismo para um trabalho escolar de seu neto de doze anos. Aqui seguem as definições mais sucintas que pude fazer numa linguagem acessível ao menino:
1. Comunismo é o sistema político-social em que todas as pessoas são obrigadas a abrir mão de seus direitos e liberdades individuais em favor de uma elite que controla o governo. O pretexto utilizado para isso é que o Estado promoverá a igualdade e a justiça social; na verdade, todos os exemplos históricos de países comunistas mostram que esse sistema produz miséria, injustiça, opressão e morte. O comunismo é o sistema mais assassino da história: em 100 anos, a contar da primeira revolução comunista (na Rússia, em 1917), o comunismo matou no mínimo 200 milhões de pessoas inocentes (na maioria, cristãos e civis). Isso sem contar os mortos em tempos de guerra.
2. Socialismo é o caminho utilizado para atingir o comunismo. Pode se apresentar sob formas mais brandas (quando é chamado de social-democracia) ou mais radicais (como no caso do PT e partidos semelhantes). Nos dois casos, defende-se o domínio do Estado sobre o povo. Na verdade, o socialismo é o disfarce mais utilizado por aqueles que desejam implantar o comunismo. É bom lembrar que o nome oficial do partido nazista, de Hitler, era Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães.  
Leitura recomendada: “A Revolução dos Bichos”, de George Orwell. 
Fonte: Brasil Sem Medo 
Leia também:

Postar um comentário

0 Comentários