“TRAFICO NEM DEVIA SER CRIME” DIZ CANDIDATO DO NOVO

O candidato a vereador do partido Novo, Marcelo Castro, causou polêmica hoje (13/10) ao defender a soltura do chefão do PCC, André do Rap, no Twitter dele e ainda afirmar que tráfico [de drogas] não deveria ser crime.
O tal do “André do Rap” tava preso temporariamente há um ano.
A lei é clara: prisão preventiva por mais de 90 dias tem que ser fundamentada. Não foi. Acerta MAM.
Ademais, o cara foi preso por tráfico, não por assassinato ou latrocínio.
Tráfico nem devia ser crime, tuitou o candidato.
Fonte: Terça Livre

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Mais jumentinho que esse cara... Só os caras que votam nesse projeto de excremento!!!!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.