FUNCIONÁRIO DOS ‘CORREIOS’ DOS EUA É PRESO COM PELO MENOS 800 VOTOS POSTAIS, INCLUSIVE COM ALGUNS EM BRANCO

Brandon Wilson, Funcionáriso dos “Correios dos Estados Unidos” que mora em Buffalo, Nova Yorque, foi preso depois que agentes  da fronteira encontraram no porta-malas do carro dele cerca de 800 correspondências não entregues. A papelada inclui três cédulas de votação de ausentes, que nunca chegaram ao destino designado, conforme o Departamento de Justiça dos EUA. A correspondência perdida tinha carimbos de identificação com datas entre 16 de setembro e 26 de outubro. Antes de ser detido na terça-feira 3, dia da eleição presidencial, Wilson garantiu que pretendia entregar as cartas, mas se “esqueceu”.
Agora, pesa contra ele a acusação de esconder e destruir correspondência, incluindo cédulas eleitorais de ausentes. Caso condenado, vai cumprir pena que pode chegar a cinco anos de prisão e pagar multa de US$ 250 mil. “Este escritório está empenhado não apenas em garantir a integridade das correspondências, mas também nos direitos dos indivíduos de votar em uma eleição livre e justa”, declarou o procurador federal James P. Kennedy Jr, ao ser notificado acerca do ocorrido. “A conduta criminosa com a qual este réu teria se envolvido, prejudicou ambos os interesses”, acrescentou. O serviço postal do país foi chamado para recuperar as correspondências.
Fonte: Revista Oeste

Postar um comentário

2 Comentários

  1. Não a nada em oculto que nao venha ser revelado

    ResponderExcluir
  2. Lá, tal como aqui, mutreta esquerdista. Imagina se fossem URNAS ELETRÔNICAS...

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.