“NÓS NÃO PODEMOS DAR AO LUXO DE NOS DESUNIR”, DISSE ONYX LOREZONI

Por Christiano Reis 
Em discurso na noite desta terça-feira (08/12), durante a inauguração do Instituto Conservador-Liberal, o ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni frisou que a esquerda quer ver a desunião da direita conservadora:
“Nós não podemos nos dar ao luxo de nos desunir”
O ministro também falou que a esquerda não está morta por perder algumas prefeituras. Colocou em ênfase o enfrentamento que a direita deve ter com a esquerda em todos os âmbitos: congresso, imprensa e governo.
“Esse governo não rouba e não deixa roubar, isso já é uma mudança extraordinária no Brasil”
Onyx expressou que a direita precisa de muito mais tempo (não só 2 ou 4 anos, mas sim, 8 anos) para concertar o Brasil e que o líder dessa mudança tem nome: Jair Messias Bolsonaro.
“Nós começamos e damos continuidade ao desafio de poder organizar uma direita que sabe o que quer, que sabe aonde quer chegar, mas que tem a humildade de saber que temos um longo caminho pela frente. Nem partido a gente tem, isso é um fato que nós vamos ter que pensar. Vamos também construir, muito em breve, um partido conservador, que possa ser o veículo de nossos sonhos, de todas nossas expectativas”
Veja na íntegra:

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Erro:"... para conCertar o Brasil..." palavra com escrita errada. A grafia deve ser "consertar" com S.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.