PREFEITO DE BH REABRIU SÓ SHOPPING DE CHINESES PORQUE “EMPREGAM GENTE COM TORNOZELEIRA”

Por Leonardo Trielli
Em entrevista ao Roda Viva (TV Cultura) de Vera Magalhães que foi ao ar nesta segunda-feira, 30, o prefeito reeleito de Belo Horizonte, MG, (foto), tentou justificar a decisão da prefeitura em favorecer o shopping popular de um bilionário chinês em detrimento de todos os outros centros comerciais da cidade.
“…lá se emprega muita gente com tornozeleira eletrônica no pé. Então, é um caso excepcional de não criar um caos entre esse pessoal. Então, quem conhece aquela história… eu vou te explicar e ser muito sincero nisso. Aquilo é de um bilionário que tem aquilo como uma obra social… tá? Obra social… Então, aquilo pra ele não vale absolutamente nada… como negócio! Agora, lá tão acolhidos presidiários, ex-presidiários, que são o que trabalham no box (sic). Então, foi esse meu erro: não ter explicado isso com muita clareza.”
Nota: ainda não ficou explicado, prefeito. A tentativa falhou miseravelmente.
Veja a explicação no vídeo abaixo (a partir dos 2 minutos):
Fonte: Senso Incomum

Postar um comentário

4 Comentários

  1. A pior raça no Brasil é a classe política , só tem vagabundos canalhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... que são abraçados, eleitos e venerados pelo povo que os valoriza. Você esqueceu? Cada povo tem o governo que merece. Tanto merece, que elege e reelege as mesmas figuras abjetas.

      Excluir
  2. Então vamos ter que usar tornozeleira para poder trabalharmos?

    ResponderExcluir
  3. Que maluco descarado é esse? Meu Deus! Como pode declarar que um "bilionário chinês, só tem um shopping para fins sociais"!!!!
    Absurdo! Um shopping chinês, é responsável por muitos empregos roubados de nós brasileiros, com produtos falsificados, com concorrência desleal com nossa indústria e assim vai.
    Que Deus proteja Bolsonaro e sua equipe, por se depender desse monte que tá por aí, estamos no sal!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.