CAMPANHA LIBERADA E CARNAVAL CANCELADO EXPÕEM A HIPOCRISIA DOS POLÍTICOS

Quem agora ordena que todos fiquem em casa, são os mesmos que estimularam aglomeração durante a campanha eleitoral
A hipocrisia foi o tom adotado por dezenas de prefeitos e governadores para cancelar os pontos facultativos e ameaçar prender, multar e acusar de “crime contra a saúde pública” quem ousar se reunir no Carnaval.
Isso porque quem agora ordena que todos fiquem em casa, são os mesmos que estimularam aglomeração em todos os municípios do país durante a campanha eleitoral, com comícios, carreatas e as caminhadas bianuais. 
A situação ainda é grave e a aglomeração não é recomendada, não tenha dúvida, mas a desfaçatez dos políticos impressiona cada vez mais.
O governador João Dória, que hoje ameaça prender organizadores de festas em São Paulo, nada falou dos comícios do prefeito Bruno Covas.
Como medidas semelhantes foram adotadas por políticos de todos os partidos, a hipocrisia se mostrou mais contagiosa que a própria covid.
Fonte: Diário do Poder
Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Cidadão desarmado, desprotegido à mercê de bandido, pode!!!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.