PUTIN ASSINA LEI PARA PUNIR TWITTER, FACEBOOK E YOUTUBE EM CASO CENSURA

Por Bruna de Pieri
Uma lei que permite o bloqueio de sites de Twitter, Facebook e YouTube, caso sejam considerados culpados de censura ou discriminação, foi assinada pelo presidente russo Vladmir Putin em 30 de dezembro.
O texto prevê a possibilidade de bloqueio, desaceleração do trânsito e aplicação de multas administrativas.
De acordo com o documento, as redes sociais e plataformas das Big Tech correm o risco de ser penalizadas por restringirem o acesso à informação por motivos relacionados com a nacionalidade, idioma e origem.
As políticas de algumas empresas estrangeiras de internet foram denunciadas repetidamente pela Rússia. O serviço de supervisão da mídia russa em 27 de outubro acusou as empresas de censurar a mídia russa. Cerca de vinte meios de comunicação russos estariam sendo censurados pelo Google (YouTube), Facebook e Twitter.
Ao analisar a notícia em seu canal do Telegram, o filósofo e professor Olavo de Carvalho disse que “Putin parece ser o último governante que ainda conhece a realidade: Quem manda é quem tem as armas, não quem tem o computador”.
Ainda de acordo com Olavo, na Hora H, o único poder real que existe não é o de mentir, mas o de matar.
“Quero ver algum desses fresquinhos do Silicon Valley se meter a besta com ele [Putin]. Na Hora H, o único poder real que existe não é o poder de mentir. É o poder de matar. O velho Stalin perguntaria: Quantas divisões armadas tem o Bill Gates?”, finalizou.
Fonte: Terça Livre
Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI

Postar um comentário

0 Comentários