Banner Acima Menu INTERNAS

CRESCE PRESSÃO NO SENADO PARA INVESTIGAR MINISTROS DO STF

 
Senadores voltaram a articular para levar adiante iniciativas para investigar ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).
Também estão sendo discutidas propostas para mudar procedimentos relativos a decisões e mandato dos integrantes da Corte.
A pressão voltou a crescer após decisão do ministro Luís Roberto Barroso, que determinou a criação da CPI da Pandemia para investigar as ações e omissões do governo Jair Bolsonaro no enfrentamento à pandemia.
Senadores consideram que o STF invadiu as competências do Legislativo. Até mesmo alguns favoráveis à criação da CPI.
O senador Plínio Valério (PSDB-AM), por exemplo, escreveu em suas redes sociais:
“Não sou contra a instalação da CPI. Assinei e assinaria outra vez o pedido de investigação. Sou contra o STF se meter onde não deve e não tem prerrogativa para tanto. O Senado não é subordinado ao Supremo e, portanto, a ele não deve obediência.”
De acordo com a Folha, em grupo de WhatsApp que reúne os 81 senadores, alguns nomes cobraram o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE).
Vieira é o responsável por ingressar com o mandado de segurança no STF que resultou na decisão que obrigou Pacheco a criar a CPI da Pandemia.
O parlamentar foi questionado por colegas se também iria entrar com mandado de segurança para que fosse instalada a CPI da Lava Toga, para investigar o Judiciário.
Em conversa com o jornal, Vieira declarou:
“Sou autor do pedido de CPI Lava Toga e já apresentei pedidos de impeachment de ministros. Continuo achando que essa é uma pauta necessária, mas é preciso separar as coisas e entender corretamente o papel de cada Poder, conforme previsto na Constituição.”
O senador Lasier Martins (Podemos-RS) também afirmou que vai reapresentar um requerimento para a instalação da CPI da Lava Toga.
“Estou montando requerimento para retomar a CPI da Lava Toga, em combinação com o Alessandro [Vieira]. Já estou com a minuta muito bem encaminhada, mas não quero apresentar ainda para articular melhor, para não ter só o mínimo de assinaturas e correr o risco de retiradas.”
Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI
Leia também: QUEM SALVOU LULA?

Postar um comentário

0 Comentários