Banner Acima Menu INTERNAS

NOVAS TROPAS DOS BOMBEIROS PARA REFORÇAR A SEGURANÇA PÚBLICA

Mais 400 militares receberam o capacete como sinal de transição das atividades teóricas e práticas de formação; GDF vai convocar mais concursados.
Mais de 400 bombeiros do Distrito Federal participaram da cerimônia de entrega de capacetes na manhã desta quinta-feira (17). O gesto marca a transição das atividades internas e externas dos militares da corporação.
Boa parte desses militares já se encontra em atividades práticas nas ruas. A partir de julho, quando concluírem o curso de formação, os novos oficiais e praças começam a atuar em definitivo nas ruas e missões da corporação.
“Me comprometi em reestabelecer o efetivo das forças de segurança do DF. Tenho feito isso constantemente. A partir de agora, vamos trabalhar para chamar todos os aprovados no concurso dos bombeiros”, disse o governador Ibaneis Rocha, que realizou a entrega de capacetes aos militares como gesto simbólico.
“As forças de segurança do DF nos dão orgulho. Elas são reconhecidas internacionalmente como as mais bem-preparadas e que trazem resultados. Esse é um momento importante para a vida de vocês e de milhares de pessoas que precisam do atendimento de vocês. Vocês são instrumento de mudança da vida de muitas e muitas pessoas”, elogiou Ibaneis.
Significado da cerimônia
“A entrega do capacete representa a transição da parte interna para a externa em estágios de atividades administrativas e operacionais. Ele é um dos símbolos da profissão e representa um dos equipamentos de salvamento”, explica o tenente-coronel Pedroso, chefe da Comunicação do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF).
Atenta à necessidade de reposição do efetivo, a atual gestão autorizou o ingresso de 341 militares em 2019 e de 378 em 2020, totalizando 719 bombeiros nas ruas no DF. A reposição foi elogiada pelo comandante-geral dos bombeiros, coronel William Bomfim, que cita outras iniciativas em andamento.
“O governador Ibaneis Rocha tem se comprometido a repor o nosso efetivo. Fico feliz em anunciar que estamos trabalhando para viabilizar a construção do maior complexo administrativo de bombeiros da América Latina e também na expansão dos quartéis em áreas hipossuficientes do DF”, afirmou o comandante-geral.
Para o secretário de Segurança Pública, delegado Júlio Danilo Ferreira, os militares são fundamentais nas políticas públicas voltadas ao tema. “O bombeiro é responsável não só pela defesa civil, defesa social, salvamento e resgate, como também integra as ações de segurança pública. A sociedade ganha muito com o emprego direto desses novos militares”, avaliou.

Postar um comentário

0 Comentários