Banner Acima Menu INTERNAS

Lula já preparou a desculpa para fugir do temido dia 7 de setembro, entenda

O ex-presidiário Lula está orientando os movimentos sociais de esquerda, a não realizar nenhuma mobilização no dia 7 de setembro. Ademais, os esquerdistas vão se concentrar na semana da Pátria no dia 10 de setembro, evitando dessa forma o dia 7. Vale frisar que a mudança foi uma sugestão do ex-presidiário.
O principal motivo seria evitar um embate com a gigantesca multidão de conservadores no dia 7 de setembro. A saber, as informações são do jornal Folha de S. Paulo. Além disso, vale destacar que uma das desculpas esfarrapadas dos petistas é que Jair Bolsonaro irá incentivar mobilizações, além da própria parada militar. Dessa forma, vai dar uma demonstração de poder.
A decisão foi tomada na reunião de coordenação da campanha de Lula
Vale informar que a agenda que decidiu que os petistas devem fugir do dia 7 de setembro foi debatida em uma reunião da coordenação da campanha do ex-presidiário Lula. De acordo, com petistas, eles acreditam que Bolsonaro irá para o “tudo ou nada” no dia da Independência do Brasil.
Ou seja, em busca de uma virada na disputa presidencial ou em mais uma tentativa de deslegitimar as urnas, acreditam os esquerdistas. Em conclusão, o que se pode imaginar sobre esta decisão orientada pelo descondenado Lula é que estão com muito medo de um novo vexame. Afinal, em todas as datas que fizeram eventos no mesmo dia que os conservadores a diferença de público foi absurda.
Fonte: News Atual
Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

Postar um comentário

0 Comentários