Header Ads

ESTÃO QUERENDO ACABAR COM O CBMDF?

Pasmem, mas um Projeto de Lei do Executivo local, e que está previsto para ser votado em breve, está tentando tornar obsoleto a existência do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal. Trata-se e do PL 556/2011 cujo autor é o deputado distrital Wellington Luiz e tendo como Relator o Deputado Robério Negreiro.
O tal Projeto, que já passou pela Comissão de Segurança, que tem o deputado Robério Negreiros como Presidente e está na Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (COEF) cujo presidente é o deputado Agaciel Maia (PR) e o Relator Rafael Prudente (PMDB), o projeto dispõe sobre a implantação de Grupamento de Bombeiros Civis em parques distritais, ecológicos e unidades de conservação do Distrito Federal, define quantitativos mínimos de bombeiros civis em edificações públicas e privadas.
A princípio parece ser uma coisa normal, mas se levarmos em consideração o que aconteceu em Santa Catarina a verdade é que com isso empresas de segurança é que seriam as mais beneficiadas. 
Interessante é que o voto do Deputado Bombeiro Roosevelt- PSB é totalmente favorável à sua aprovação. Porque será?
    Alguns questionamentos:
1- OS BOMBEIROS MILITARES, hoje existentes, já possuem quantitativo, qualificação, tempo de resposta e uma matriz operacional de excelência no DF (resume a distância mínima das unidades do CBMDF para cada cidade).
As normas de Segurança contra Incêndio e Pânico já existentes atendem perfeitamente e deixam a população, bens patrimoniais, e unidades de conservação.
2- Uso de Uniformes:
Já é contemplado em Norma do CBMDF.
3- População fixa e flutuante.
A carga de custos das empresas vão aumentar muitíssimo considerando a população fixa e flutuante, praticamente quase todo comércio vai ter um ou um grupo.
A quem interessa aumentar tantas contratações de segurança privada, tipo Brigadistas (Bombeiros CIVIS). A população é conhecedora de que tem alguns deputados distritais que possuem empresas de segurança.
3- Hoje o Servidor do Bombeiro tem nível superior e como é a formação do Bombeiro Civil?
4- Todas as escolas cursinhos e atividades de ensino terão obrigatoriamente que contratar esse Bombeiro Civil? Haja dinheiro para custear esse povo! Qual estudo se basearam para dimensionar isso? As normas já existentes já definem isso de maneira que deixa a população totalmente protegida. Nos digam alguém que morreu por falta de Brigadistas? Cite onde a nossa corporação BOMBEIRO MILITAR falhou?
5- Bombeiros CIVIS em parques ecológicos. Qual estudo chegou nesses números?????
6- Foi investido milhões em viaturas Americanas, Espanholas Francesas, Portuguesas e Alemãs, a corporação está em dia com todos os EPIs, os Impostos já pagaram por isso, porquê penalizar os empresários?
7- O tema aflige a Corporação toda e é visto como um engodo para atender interesses individuais, quiçá, escusos.
8- Fazer eventos vai ficar mais caro eles colocaram mais pessoas
9- Esse termo GRUPAMENTO DE BOMBEIRO CIVIL é uma ofensa e afronta para classe. É como se criassem um Batalhão de vigilantes (imagina isso) a formação não é nem de perto próxima em comparação com o pessoal da Polícia Militar.
10- Eles copiaram muita coisa da NT 007/2011 do CBMDF e depois alteraram os quantitativos.
A verdade é que com a aprovação desse projeto, que também foi criado no Paraná e Santa Catarina onde colocaram brigadista e Bombeiros Militares para trabalhar juntos. Naqueles Estados chegaram à conclusão com o passar dos tempos que sai mais barato pagar um Brigadista do que um Bombeiro.
O que queremos ou o que querem? Acabar com a gloriosa corporação dos Bombeiros Militares do DF e fazerem-na desacreditada pela sociedade? Pior, e por incrível que pareça, um deputado Bombeiro Militar concorda com isso, ao assinar a aprovação desse projeto.
O último a sair, apague as luzes!
Veja o Projeto Veja o Projeto  cliclando Aqui
. file:///C:/Users/Windows/Downloads/PL-2011-00556-RDI%20(1).pdf

        Fonte: Blog do Poliglota


12 comentários:

  1. É muito revoltante ver que os políticos claramente não defendem os interesses da população, mas que descaradamente o fazem em seu benefício, isso é vergonhoso. Não é apenas com relação a empresas de segurança do DF, mas existem várias empresas de segurança da família de deputados que são responsáveis por licitações de valor altíssimo, como empresas de segurança no STF, que apesar de manterem concurso e cadastro de reserva com candidatos aprovados em concurso público, mantém quase 300% a mais de terceirizados na segurança do que servidores. É vergonhoso ver que querem fazer isso também com relação a segurança pública do DF, mas tá aí, mais uma vez o interesse financeiro deles está acima do profissionalismo, qualificação e dedicação, de quem, como muitos que estão se preparando para concurso, tanto se dedicam. Não digo que os vigilantes e brigadistas não sejam qualificados, são. Mas é tudo em seu devido lugar. A especificidade do treinamento de um bombeiro militar é algo a se destacar.

    ResponderExcluir
  2. Concordo no que diz respeito ao interesse dos empresários nesse PL.
    Mas o que dizer do Japão e da Alemanha que tem o modelo de emergência mais organizado do mundo, com a maioria do seu efetivo civil? Que inclusive dão aula aos bombeiros militares do Brasil. E o que dizer dos EUA que tem o serviço de bombeiros totalmente civil? O militarismo do bombeiro brasileiro se deu no seu início com a forte influência das forças armadas que perpetua até o dia de hoje.
    Essa cultura militar é fortemente criticada por muitos bombeiros militares em todo Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas pode ter certeza que nesses países a motivação para que fossem civis não foi originada em possível benefícios próprios de quem propôs o sistema. E não vejo problema nenhum no bombeiro ser regido pelos princípios militares. Nem eu, nem a maioria da população de bem do país, tendo em vista que em todas as pesquisas de opinião, a instituição Corpo de Bombeiros é sempre mais querida, respeita e admirada.

      Excluir
    2. Tem uma diferença MUITO grande. Para entender melhor, precisa saber que a profissão que e chamada de "bombeiro civil" no Brasil, existe na França mas não se chama de "bombeiro". Ela se chama de "SSIAP". Aqui tem um artigo para entender:
      http://ansb-brasil.org/biblioteca/fichiers/sapadores.pdf

      Excluir
    3. No EU, não tem Bombeiros Militares. Mas no EU, não tem Bombeiros Civis no sentido do Brasil. Tem Bombeiros de quartéis, não militares. Mas a profissão de BC como no Brasil (Brigadista que cuida do shopping), não existe no EU.

      Excluir
  3. Bando de corruptos filhas da puta!

    ResponderExcluir
  4. É isso irmão ,se uma coisa desta passar, cria-se o efeito dominó,sou bombeiro militar em minas gerais, estou em apoio as bombeiros militares de Brasília.

    ResponderExcluir
  5. É isso irmão ,se uma coisa desta passar, cria-se o efeito dominó,sou bombeiro militar em minas gerais, estou em apoio as bombeiros militares de Brasília.

    ResponderExcluir
  6. Somos solidários aos bombeiro de Brasília, pois cria-se um efeito dominó,temos que ir a luta senhores!

    ResponderExcluir
  7. Creio que Brasília e o pilar, se cair todo o resto vai em efeito domino

    ResponderExcluir
  8. Em todo Brasil, estamos com o Corpo de Bombeiros de Brasília.

    ResponderExcluir
  9. No chile os bombeiros são civis..e infelizmente eles vivem de doações..pois o poder publico caga pra eles...imagine aqui no brasil...caso realmente isso vá pra frente..a qualidade do serviço vai pro espaço...pois a população terá que pagar um preço muito alto para ser bem atendida.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.