TITULO

FRAGA DESBANCA CB PODER. E MOSTRA A REALIDADE DO BRASIL

O que parecia ser mais uma entrevista “encomendada” pelo governo Rollemberg pela mídia que ele sustenta, acabou expondo à sociedade muitas verdades que ela desconhece.
Numa entrevista exibida pelo Portal CB Poder, do Correio Braziliense, comandado pelas jornalistas Ana Maria Campos e Helena Mader, ficou nítido a tentativa das jornalistas em “apertar” o deputado federal Alberto Fraga (DEM-DF), que é policial militar e pré-candidato ao governo do DF, mas o tiro parece ter saído pela culatra. Saiu fortalecido da entrevista.
Fraga falou da reforma previdenciária, que deseja inserir os militares das forças armadas e as polícias militares do país e também da crise envolvendo a greve dos policiais no Espírito Santo. Perguntado se existe a possibilidade disso acontecer em Brasília, Fraga afirmou que isso é possível sim.
Assista à entrevista abaixo: Bloco 1




Assista à entrevista abaixo: Bloco 2



POLICIA MILITAR, A GENI DA SOCIEDADE BRASILEIRA
Não existe nenhuma fórmula mágica para resolver os conflitos sociais. Quando no Estado falta atendimento médico, quando nas madrugadas frias, uma mulher inesperadamente vai dar à luz e procura ajuda para ser conduzida a um hospital, sem condições de deslocamento, quem aparece e resolve o problema, muitas das vezes inclusive fazendo o trabalho de parto, é a Polícia Militar.
O serviço prestado pela PM, é desburocratizado. Ninguém precisa preencher papéis para ser atendido, também não é necessário entrar em fila, basta levantar o braço e pedir o devido atendimento. Pelo telefone, a chamada é grátis, e muitas das vezes que a população reclama da falta de atendimento, desconhece que o motivo principal foi a falta de pagamento da conta telefônica, por que o governo, deixou de mandar verbas para a instituição.
O homem diante do perigo, invoca a Deus e chama a polícia, passado o perigo, ele esquece de Deus, e xinga a polícia. E para comprovar essa frase, vamos nos reportar aos acontecimentos recentes, onde devido a corrupção generalizada no governo do PT, o povo de forma espontânea, ganha as ruas manifestando sua indignação diante da podridão instalada nos governos. Manifestação legitima e necessária. Ocorre que uma minoria reacionária e que não representa ninguém do bem, prefere ignorar as verdadeiras razões das manifestações e partem para o vandalismo. Um vandalismo sem explicação! O que a fachada de vidro de uma repartição pública ou privada, tem a ver com as manifestações? O que a destruição de um telefone público, representa para os movimentos de repudio contra a corrupção? Assim como os cidadãos de bem, também acho que não representa nada!
Em Brasília recentemente, tivemos um ato intempestivo praticado por um Capitão da PM. Ninguém pára para analisar, o motivo daquela atitude impensada do policial. Fica mais fácil para a mídia crucificar o PM! Dizer que ele e a Corporação é despreparado e que o caso requer punição! Gostaria de lembrar a esses oportunistas de plantão, que encontram soluções fáceis e milagrosas, quando de posse de um microfone ou diante das câmeras de televisão, que friamente esperam a reação da população para se manifestar!
Cobro a fórmula, de qualquer um, que diante de alguém determinado a praticar a violência ou a depredação pública, consiga através de gestos ou palavras, convencer aquela pessoa a obedecer o agente da lei! Falar é muito fácil! Criticar aquele policial que tem que decidir a ação em fração de segundos, melhor ainda!
E o que mais me causa nojo, é ver a omissão e a covardia dos governantes, diante de casos como esse e outros. Quem dera eu, ter poderes para mandar as Policias Militares do Brasil, cruzarem os braços e permitirem que todas as ações que são perpetradas contra a sociedade brasileira, se concretizasse. Talvez, só assim, o respeito e a compreensão passariam a existir! Se a PM age e impede uma ação, é truculência, é covardia! Mas quando não impede, ela é omissa, ela é despreparada! E o pior, é que essas frases são ditas por pessoas que sequer sabem quantas balas tem um revólver 38!
Alguém disse, que cada povo, tem a polícia que merece! Queremos e devemos ter uma polícia atuante, honesta, preparada e principalmente, respeitada pelo povo e temida pelos bandidos! Talvez, quando tivermos esse tipo de entendimento, possamos criticar ou apoiar a atitude do Capitão Bruno.
Alberto Fraga – Deputado Federal
Presidente do Democratas DF

Por Poliglota, vídeo youtube CB Poder

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.