COMEÇA TEMPORADA DE FAKE NEWS EM PESQUISAS ELEITORAIS NO DF

Por Bombeiros
A seis meses das eleições de 2018, pesquisas eleitorais para a Câmara Legislativa do Distrito Federal e Câmara Federal começam a ser divulgadas, o que mais nos chama atenção é que várias dessas pesquisas com metodologia furada e sem comprovação científica são bancadas por partidos políticos, associações e sindicatos, que serão justamente publicadas para tentar induzir o eleitor ao erro, fazendo o “efeito manada” quando na verdade se espera renovação na política.
O mais intrigante é que se levássemos em conta todas as pesquisas de 2014 registradas no TRE-DF, hoje teríamos eleito mais de 90 deputados na CLDF. Muitas das pesquisas colocavam como eleito nomes que hoje não ocupam nem a terceira suplência de deputado distrital ou a quarta suplência de deputado federal
O intuito dessas pesquisas é tentar fazer os eleitores acreditarem que os nomes mais bem posicionados possam angariar votos de indecisos, ou seja, ludibriar o eleitor.
Em 2016 nos EUA todas as pesquisas publicadas colocavam Hillary Cliton como presidente eleita, porém as urnas mostraram justamente o contrário das pesquisas, em que o eleitor optou por Donald Trump na presidência.
Assim podemos demonstrar que se as pesquisas erram na eleição para o presidente de uma das maiores potências do mundo, imagina uma pesquisa para deputado distrital e deputado federal no DF, portanto as pesquisas não revelam de fato o resultado apurado nas eleições.
    Leia também: JOE, ELIANA, ALÍRIO, ROSSO, IZALCI E A TERCEIRA-VIA


Um comentário:

  1. As criticas que vejo às fakenews e as mais honestas, que se declaram enquetes sem pretensão de método científico geralmente não querem combater a desinformação mas simplesmente deter o monopólio dela. A saber, a mídia comercial, acostumada a vender caro a desinformação. Nada disso, ou restaure-se o jornalismo ou locupletem-se todos.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.