A FRAUDE DA FRENTE PARLAMENTAR MISTA DOS BOMBEIROS CIVIS QUE PODE COLOCAR POLÍTICOS DO DF NA ALÇA DE MIRA DA POLÍCIA FEDERAL


 Por Jackson Santana de Mello
Ao final deste artigo os leitores virão que essa fraude pode ser citada em inquérito como organização criminosa.
Você sabe como surgiu a frente parlamentar mista dos bombeiros civis em Brasilia? Tenho certeza que não, nem os próprios bombeiros civis do Distrito Federal sabem, tudo começou quando um indivíduo de nome Ceciliano Junior decidiu ser o protagonista do elo entre empresários e políticos.
Por não ter apoio da categoria de bombeiros civis e empresários do DF e focando apenas o lado empresarial, Ceciliano Júnior fez parceria com a associação mineira Febrabom composta por empresários , facilitando assim a composição da suposta frente parlamentar dos bombeiros civis, sim suposta, tendo em vista que quando essa frente parlamentar foi lançada os empresários foram escolhidos antecipadamente e embutidos como conselheiros consultivos por Ceciliano Júnior e Handerson Fábio Alves presidente da febrabom , não houve nenhuma votação e sim armação, lançaram uma frente parlamentar mista em nome de uma categoria de profissionais composta apenas por empresários visando licitações milionárias e alguns desses com históricos muito ruins.
Para ter domínio sobre as licitações Ceciliano Júnior não mediu esforços, antes da criação da Frente Parlamentar mista protagonizou um sindicato patronal de nome SEPEBEC juntamente com alguns parceiros e foi de encontro com o sindicato patronal já existente de nome SEAC que atua desde 1979 no Distrito Federal, então começou uma guerra judicial entre esses sindicatos, de um lado o SEAC com 100% das empresas contratantes e do outro o SEPEBEC que mesmo não tendo nenhuma empresa contratante filiada conseguiu a carta sindical através de muita politicagem , pois para ter a carta sindical é necessário 2 fatores :
1- Ter empresas filiadas;
2-Não ter outro sindicato patronal no mesmo Estado.

Parte da briga judicial entre esses sindicatos podem ser vistas neste Link
 https://www.jusbrasil.com.br/topicos/103575976/processo-n-0000224-6020165100005-do-trt-10

   No Distrito Federal a organização tentou emplacar o PL 556/2011, onde extrapolava todas as expectativas com a invasão de competência do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, o mais incrível e que ainda teve apoio de um deputado distrital bombeiro militar o Srº Roosevelt Vilela.
A carta sindical do SEPEBC foi suspensa no Ministério do Trabalho e Emprego, mas em outubro de 2016 com o lançamento da suposta frente parlamentar mista dos bombeiros civis o Deputado federal Rôney Nemer que é presidente desta frente e amigo de Ceciliano Júnior anunciou durante o lançamento da frente que iria interceder junto ao Ministério do Trabalho e Emprego para liberação da carta sindical do SEPEBC, deixou claro que usaria sua influência política em favor do amigo Ceciliano Júnior e como mágica conseguiram reaver a carta sindical.
Recentemente a Polícia Federal apontou envolvimento da deputada distrital Sandra Faraj (PR) e o ex-governador do Distrito Federal Tadeu Filippelli (MDB) em esquema do ministério do trabalho envolvendo o SEPEBC ( Sindicato das empresas prestadoras de serviços do DF ) o inquérito mostra que políticos teriam influenciado na liberação de licença do sindicato do DF junto à pasta do Trabalho, o nome do Dep Federal Roney Nemer e de outros envolvidos também serão investigados , veja um trecho do vídeo gravado no dia do lançamento da frente parlamentar mista dos bombeiros Civis, Roney Nemer anuncia que tem reunião as 17hs com o ministro do trabalho e ainda solicita apoio de outros políticos :

Observações :
1- O sindicato ao qual o Dep. Roney Nemer se refere é o SEPEBC;
2- O Dep. Roney Nemer justifica que sua interseção em favor do SEPEBC junto ao ministro do trabalho é devido ao corpo de Bombeiros Militares do Distrito Federal não ter liberado um documento, a justificativa é controvérsia pois a carta sindical foi suspensa por outros motivos e em hipótese alguma há relação da liberação de carta sindical com corpos de bombeiros militares.
No site da frente parlamentar dos bombeiros civis, destaca políticos do distrito federal que apoiam a frente parlamentar.
- Augusto Carvalho – SD
- Celina Leão - PPS
        - Erika Kokay - PT
- Hélio José - PROS
- Lira – PHS
- Luzia de Paula – PSB
- Juarezão – PSB
- Joe Vale – PDT
- Welligton Luiz – MDB
- Telma Rufino - PROS
- Rafael Prudente – MDB
- Raimundo Ribeiro – MDB
- Ricardo Vale - PT
- Rogério Rosso - PSD
        - Roney Nemer - PP
- Rodrigo Delmasso - PODEMOS
    Nomes de Políticos de outros estados poderão serem consultados no link:  http://www.frenteparlamentarbc.com.br/portal/deputados/
O artigo completo sobre a ação da Polícia Federal neste caso encontra-se neste: link https://www.metropoles.com/brasil/politica-br/pf-aponta-envolvimento-de-faraj-e-filippelli-em-esquema-de-ministerio

      Outro artigo falando sobre a intervenção da Polícia Federal ação da Polícia Federal, batizada como Operação Registro Espúrio:
https://www.tercalivre.com.br/operacao-da-pf-pode-escancarar-o-aparelhamento-sindical-no-pais/
Quanto mais pesquiso, mais encontro irregularidades, no link abaixo encontrei no site do SEPEBC uma página para registro profissional para bombeiros civis, desde quanto sindicato patronal filia,associa ou emite registro profissional ? Estão extrapolando todos os limites : ://sepebc.com.br/portal/registro-profissional/

No site não consta a lista da diretoria do SEPEBC, mas Ceciliano Junior é um dos diretores, bem como outros empresários do Distrito Federal que parecem não quererem sair na self.
Quanto aos indivíduos que são conselheiros da suposta Frente Parlamentar mista dos bombeiros civis trabalham em conjunto, atraindo bombeiros civis em redes sociais usando argumentos como :
  • Somos os únicos defensores da categoria;
  • Estamos lutando incansavelmente em Brasilia ;
  • A frente parlamentar é a única solução;
  • Clique neste link e assine em apoio a frente parlamentar mista;
  • Somos conselheiros e autoridades;
  • Somos os únicos representes legais da classe de bombeiros Civis etc.
Sou formado a 12 anos e nunca vi ou ouvi falar sobre qualquer coisa realizada por essas pessoas que tenha sido favorável a categoria de bombeiros civis.
Segundo informações em grupos de whatsapp de lideres de brigadas do Distrito Federal as reuniões em Brasília são realizadas a portas fechadas, da mesma forma possuem vários grupos de Whatsapp controlados por Ceciliano Junior e seus parceiros que só aceitam pessoas que não se pronunciem contra suas idéias mirabolantes e ou contra sua cúpula, senão são excluídos e passam a serem vistos e tratados como inimigos e reles mortais.
Resultado dessas reuniões fechadas :
  • Criação de sindicatos patronais em todo Brasil com o mesmo nome SEPEBC, configurando uma rede sindical "Patronal " ;
  • Consolidação empresarial dos conselheiros consultivos a frente de licitações em seus estados ;
  • Concorrência desleal e predatória, por usarem o nome da frente parlamentar e sindicato patronal como diferencial e eliminação de seus  concorrentes;
  • Domínio sobre prestação de serviços;
  • Inserção desses empresários na politica para fortalecimento de seus planos.
Todos os atos cometidos até o momento é um jogo de quebra cabeça com peças fundamentais para expansão e monopólio de grandes licitações, veja:
A Estratégia tomando forma
A suposta Frente Parlamentar Mista dos Bombeiros Civis encabeçada por empresários conselheiros consultivos dessa frente e filiados a Febrabom estão aduzindo Bombeiros Civis, pois o segundo passo é ingressar seus conselheiros diretamente na política como de fato já possuem pré-candidatos em São Paulo e outros estados.

Em destaque Minas Gerais em que o próprio presidente da Febrabom Handerson Fábio Alves que também deu um jeitinho de se colocar como presidente do sindicato Patronal de MG ( SEPEBC)
A foto abaixo está neste site http://observadorbombeiro.blogspot.com/2017/11/escandalo-na-frente-parlamentar-mista.html com um artigo bombástico e outros pontos muito mais perigosos sobre esse circo de horrores que tem causado grandes perdas para os bombeiros civis .
este outro link:
http://febrabomrs.blogspot.com/2017/10/fenabci-e-febrabom-realizam-reuniao-em.html a informação é que para criação do sindicato patronal a parceria foi fechada entre Febrabom e INADEBOP que por acaso é de Ceciliano Júnior, mais uma prova do envolvimento desses indivíduos no ramo sindical patronal. Que fique claro, sindicato de classe é uma coisa e patronal é outra, na esfera trabalhista não andam de mãos dadas, um defende os interesses da classe trabalhadora e o outro interesses das empresas, se andarem de mãos dadas desconfie, pois apenas o trabalhar tende a perder, as negociações deixam de ser do interesse coletivo dos trabalhadores.
Para terem total poder sobre a área empresarial não basta a enganosa frente parlamentar dos bombeiros civis, então surgiu a ideia de criarem um conselho de empresários se passando por conselho de classe, ponto crucial para a defesa e desenvolvimento de seus negócios empresarias e políticos .
De forma sincronizada passaram fazer uso de redes sociais para tirarem de cena o conselho dos bombeiros civis o CNBC Brasil e encontraram nas fakes News a melhor forma de fazerem isso,são dezenas de fakes News produzidas pelos elementos ligados a frente parlamentar mista dos bombeiros civis que são os mesmos indivíduos filiados a febrabom.
Após pesquisar bastante sobre o conselho de bombeiros civis o CNBC Brasil, encontrei várias fake News com intenção de denegrir a imagem do conselho, mas pesquisando sites e pessoas sérias descobri que não existe nada que os deprecie.
Perguntas :
1- O ministério do Trabalho e Emprego não teria que fazer uma pesquisa no Distrito Federal antes de fornecer a carta sindical para o SEPEBC ?
2- Por que a Frente Parlamentar Mista dos Bombeiros Civis está sendo usada para politicagem ?
3- Por que a classe de Bombeiro Civil não tenta enxergar um palmo a frente do nariz ?
O que me deixou mais impressionado após minhas pesquisas é ter a certeza do quanto o ser humano tem de imundice dentro de si, alguns conseguem esconder, outros não deixa aflorar, mas tem aqueles que a imundice é tanta que transborda. A tentativa de destruir o sindicato patronal de Brasília com quase 30 anos de trabalhos, a criação de uma frente parlamentar de interesse pessoal usando o nome de uma categoria sofrida e todas as fake News para usurparem do conselho dos bombeiros civis é o cúmulo da ambição, daria uma serie de gangster.
O resumo de toda essa ação são as licitações milhornárias envolvendo empresas tercerizadaSs
O que está por trás de tudo isso ? E o que mais são capazes de fazer pela busca alucinada pelo poder ?
Nosso País está tomado pela corrupção isso é fato, mas não precisamos fazer parte disso.
A Polícia Federal está investigando o envolvimento de políticos na facilitação de cartas sindicais, e o SEPEBC já está incluso em inquérito, e há outros agravantes que podem ser inclusos no inquérito por caracterização de organização criminosa, envolvendo a associação Febrabom, sindicato patronal Sepebc e frente parlamentar mista dos bombeiros civis.
Pode-se utilizar a definição da Convenção de Palermo (Convenção das Nações Unidas Contra o Crime Organizado Transnacional, realizada em 15/12/2000). É o entendimento adotado pelo STJ em dois importantes julgados, realizados na Ação Penal nº 460 e no Habeas Corpus nº 77.771-SP.
De acordo com essa importante convenção internacional, organização criminosa “é o grupo estruturado de três ou mais pessoas, existente há algum tempo e atuando concertadamente com o propósito de cometer uma ou mais infrações graves ou enunciadas na Convenção, com a intenção de obter, direta ou indiretamente, um benefício econômico ou outro benefício material”.
Conhece mais algum fato que possa ajudar a Polícia Federal neste inquérito ? Se conhece denuncie e ajude nossa categoria .
Fonte: https://bombeiroscivisdobrasil.blogspot.com/

Um comentário:

  1. E isso aí!
    Parabéns ao Bombeiros DF pela matéria, temos que acorda e divulgar as informações para que todos saibam quem são os inimigos da Corporação.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.