AUDITOR DO TCU PODE SER A GRANDE RENOVAÇÃO NA CLDF PELO PRP


Regis Machado com 37 anos, pode ser a grande renovação da CLDF. Mesmo tendo naturalidade de Uberlândia, sempre morou e criou raízes no Distrito Federal, desde de criança seus país adotaram a capital federal como lar. No DF teve oportunidade de se graduar em engenheiro de redes de comunicação formado pela UnB em 2003,Ciência da Computação (UniCEUB) e Direito (UDF). Seu último curso foi de MBA em Governança de Tecnologia da Informação (Católica, 2007).
Em 2006 assumiu sua função pública de Analista do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU). Em 2007 assumiu a função de Aditor no Tribunal de Contas da União (TCU). Atualmente além da função do TCU, exerce a função de presidente da Associação dos Servidores do Tribunal de Contas da União(ASTCU).
Uma das vertentes de Regis Machado e apoia e a " Uma Câmara Mais Barata", iniciativa do Observatório Social de Brasília, que já colheu aproximadamente 20.000 assinaturas para implementação do primeiro projeto de lei popular do DF (http://camaramaisbarata.launchrock.com). A finalidade é aumentar a eficiência e a transparência da Câmara Legislativa do DF, buscando cortar privilégios dos parlamentares, gerando uma economia de R$ 300 milhões por legislatura, dinheiro que poderá, então, ser destinado para áreas prioritárias como saúde, educação e segurança, por exemplo.
Regis coordena a iniciativa nacional de reforma política que vem alcançando enorme visibilidade pelo fim das regalias dos parlamentares, dos fundos partidário e eleitoral, da reeleição e dos suplentes dos Senadores, entre outras medidas que os políticos jamais irão propor por conta própria (http://www.mudeapolitica.com.br).
Com um currículo com grande experiência de décadas de experiência na área pública, Regis Machado aparece como um forte postulante a ocupar uma das 24 vagas da CLDF nas eleições de 2018. Seu partido é o PRP (Partido Republicano Progressista).
PRINCIPAIS BANDEIRAS:
1) Combate aos privilégios e às regalias dos políticos;
2) Combate à corrupção, promoção da transparência e fomento ao controle social;
3) Redução de impostos, sobretudo para micro e pequenos empresários;
4) Melhoria dos serviços públicos por meio da informatização e da valorização dos servidores concursados;
5) Atuação legislativa com foco nas áreas de saúde, segurança e educação;
6)Fiscalização efetiva sobre o Executivo local.

O Portal Bombeiros DF também teve a oportunidade de realizar algumas perguntas a Regis Machado, veja logo a baixo.
Por que você decidiu se candidatar a Deputado Distrital?
Como todos os brasileiros, eu me cansei de ver, diariamente, a corrupção e o descaso dos políticos com a população. Daí, um dia, a nossa indignação chega no limite e a gente diz: "BASTA". Não tem jeito: para expulsarmos os corruptos do poder, os espaços políticos precisam ser ocupados por pessoas de bem, que olhem para o coletivo e não para seus interesses pessoais. Então, depois de receber o incentivo de muitas, mas muitas pessoas mesmo, eu tomei coragem e decidi aceitar o desafio.
E por que escolheu o PRP?
Seria impossível pregar a ética em um partido que estivesse envolvido com corrupção. E o que vemos é que os grandes partidos estão enrolados até o pescoço na Operação Lava Jato. Eu precisava de um partido limpo e percebi que a mudança de que tanto precisamos não virá dos grandes partidos. Isso, para mim, está claro. Esta será a eleição de "Davi versus Golias", dos pequenos contra os grandes pela renovação. Sendo assim, mais importante do que o tamanho do partido era que ele tivesse princípios e fosse formado por pessoas íntegras. Por isso escolhi o PRP.
Qual é o seu principal recado para os eleitores?
Na verdade, são dois. Primeiro, que nós devemos VOTAR, e votar conscientes. Deixar de votar no dia da eleição ou mesmo votar nulo ou em branco somente facilita a eleição das mesmas figurinhas carimbadas de sempre, pois diminui o quociente eleitoral. Então, eleitor, analise os candidatos, selecione bem e VÁ VOTAR. Voto nulo não anula a eleição. Isso é uma mentira! Segundo, que a renovação que nós tanto desejamos só virá com muito empenho e envolvimento por parte dos próprios eleitores. Para se reelegerem, os políticos reduziram o tempo de campanha pela metade e criaram o fundão eleitoral, do qual os novatos não vão receber nenhum tostão. Assim, os novos candidatos dependerão bastante do boca a boca e da divulgação ativa dos seus apoiadores nas redes sociais, além de ajuda para financiar suas campanhas. As pessoas precisam entender que o dinheiro das doações é para a campanha, não é para o candidato. Se ele não concorrer, as doações serão integralmente devolvidas. E ele também precisará prestar contas da utilização de cada centavo.
REDES SOCIAIS:
- Facebook/Instagram/LinkedIn: RegisMachadoOficial
- Twitter: @RegisMachadoOfc
-Página de financiamento coletivo ("vaquinha"): https://doacaolegal.com.br/prp/regis-machado

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.