GDF REFORÇA ESQUEMA DE SEGURANÇA PARA PASSAGEM DE ANO


Os eventos de virada de ano serão monitorados pelo Centro Integrado de Operações de Brasília.
As festividades da chegada de 2020 serão acompanhadas de perto pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF). Nesta terça-feira (31), o Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob) vai monitorar a movimentação nos dois principais pontos das festividades: a Praça dos Orixás, ou Prainha, e a Esplanada dos Ministérios. As equipes definiram estratégias para atuação para garantir a segurança dos presentes.
Serão 20 órgãos atentos à movimentação nessas regiões, entre instituições e agências voltadas para segurança, mobilidade, saúde, prestação de serviço público e fiscalização. Os órgãos envolvidos na operação participaram de reuniões prévias, coordenadas pela Subsecretaria de Operações Integradas (Sopi), e tiveram estratégias definidas de acordo com fatores como cooperação e integração das forças de segurança e demais órgãos de mobilidade e serviços públicos participantes.
Equipes a postos
Mil e duzentos policiais militares farão a segurança nos locais. Além do policiamento convencional, unidades especializadas, como Rotam, Batalhão de Aviação Operacional (BavOp), Batalhão de Policiamento com Cães (BPCães) Regimento de Polícia Montada (Cavalaria), Patamo e Rotam, darão suporte durante a ação. O evento, sob a coordenação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), contratou segurança e brigadistas para atuarem nas festas.
O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) atuará nas duas festas com 115 profissionais. As 14 viaturas de busca e salvamento e de combate a incêndio estarão posicionadas em pontos estratégicos para realização de possíveis atendimentos. Equipes formadas pelos militares estarão caminhando pelos locais durante os eventos para facilitar os atendimentos. Em caso de emergência, a orientação é acionar o telefone 193.
O efetivo da 1ª e 5ª delegacias de Polícia, que atendem a área central de Brasília, será reforçado. Também haverá reforço nos plantões da Coordenação de Repressão às Drogas (Cord), da Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Corpatri) e da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin). As delegacias da Criança e do Adolescente (DCA I e II), bem como a Delegacia Especial de Atendimento da Mulher (Deam), também funcionarão de forma ininterrupta.
Com informações da Secretaria de Segurança Pública

Postar um comentário

0 Comentários