HELENO ACUSA MÍDIA DE TENTAR CRIAR FISSURAS NO GOVERNO


"Aumenta o número de desonestos intelectuais", declarou o ministro
O general Augusto Heleno usou o Twitter para desmentir algumas reportagens que têm veiculado na imprensa sobre a equipe do presidente Jair Bolsonaro. Em um dos posts, ele refutou uma informação dada pelo colunista Lauro Jardim, de O Globo, de que ele e o ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria do Governo, estariam por trás das demissões de Vicente Santini e Roberto Alvim.
Heleno também negou que tenha pedido a demissão do ministro da Educação, Abraham Weintraub, como noticiado pelo Diário do Amazonas. O ministro ainda acusou a Revista Cruzoé de inventar uma crise entre ele e o ministro Onyx Lorenzoni.
– Aumenta o número de desonestos intelectuais na mídia. Querem criar fissuras na equipe. Lamentável! Que fontes mentirosas. Que falta de profissionalismo. São incapazes de fazer contato com os citados – proferiu Heleno.
Fonte: Pleno News

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Sabemos Ministro que essa turminha vermelha não cansa de passar vergonha, estamos com Bolsonaro até o fim

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.