SEGURANÇA PÚBLICA DEFINE AÇÕES PARA O CARNAVAL 2020


Mais de 2.500 PMs atuarão na folia, ao lado de 564 bombeiros. No total, 213 eventos foram cadastrados na SSP/DF. Desses, 120 serão realizados entre 21 e 25 de fevereiro, sendo 84 no Plano Piloto.
A atuação das forças de segurança no Carnaval 2020 está definida. Desde janeiro, representantes dos órgãos de segurança se reúnem no Centro Integrado de Operações de Brasília (CIOB), sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF), por meio da Subsecretaria de Operações Integradas (SOPI).
Duzentos e três eventos de carnaval e pré-carnaval foram cadastrados na SSP/DF. Cento e vinte serão realizados entre os dias 21 e 25 de fevereiro, sendo 84 no Plano Piloto.  Para facilitar a organização e direcionar esforços, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa definiu que os eventos ocorressem em plataformas, além daqueles que serão realizados em áreas residenciais e comerciais, da seguinte forma:
Setor Carnavalesco Sul (Setor Comercial Sul); Setor Carnavalesco Norte (Setor Bancário Norte): Setor Carnavalesco Cívico (Museu da República); Praça dos Prazeres; Setor Carnavalesco Funarte; Carnaval Brasília 2020 do GDF (Esplanada dos Ministérios); e Plataforma Carnaval da Diversidade (estacionamento 4, do Parque da Cidade).
Em áreas residenciais, os eventos deverão terminar até 20h. Nas áreas comerciais e no Parque da Cidade até às 22h. Os setores carnavalescos Sul, Norte, Cívico e Plataforma GDF deverão finalizar a festa até meia-noite. O Setor Carnavalesco da Funarte e a Praça dos Prazeres seguirão até às 2h da manhã. O tempo máximo de duração para cada bloco deverá ser de, no máximo, sete horas, sendo que a última hora será exclusiva para dispersão.
Os representantes dos blocos participaram de reuniões realizadas pela SSP/DF para pactuar os detalhes para os eventos no pré-carnaval e durante os dias de folia. Pelo segundo ano, o carnaval será monitorado pelo CIOB. De acordo com o secretário de Segurança Pública, delegado Anderson Torres, o monitoramento ocorrerá com foco na repressão de ações criminosas. “O número de câmeras de segurança aumentou de forma considerável desde o último carnaval. Vamos atuar com mais de 600 câmeras, diferente do ano passado, quando tínhamos cerca de 400. Com isso, poderemos dar mais suporte às ações das forças de segurança que estarão em campo”, disse.
SOS Criança DF
O serviço de emergência criado pela Secretaria de Segurança Pública para ajudar na localização de crianças perdidas ou que estejam sob alguma situação de vulnerabilidade – o SOS Criança DF – poderá ser acionado durante o Carnaval. O serviço funciona em caráter permanente por meio do WhatsApp (99212-7776).
As informações são enviadas pelo aplicativo ao Centro de Integrado de Operações de Brasília (CIOB), que faz o encaminhamento mais adequado para que a criança seja localizada e entregue aos responsáveis.
Basta enviar uma mensagem de texto, foto da criança, vídeo ou áudio para o telefone e se identificar. O usuário deverá ainda mandar a localização exata, com pontos de referências, e tentar saber o nome da criança, dos pais ou responsáveis e um número de telefone. “Ao encontrar uma criança perdida, é importante que as informações sejam enviadas com rapidez para que os órgãos de segurança ajudem a encontrar o responsável. A orientação e o procedimento também valem para pais e responsáveis que queiram encontrar uma criança”, explicou o coordenador do CIOB, delegado Gilberto Maranhão.
Defesa Civil
Desde janeiro, a Subsecretaria do Sistema de Defesa Civil tem feito vistoria das instalações elétricas, condições de geradores, tendas e documentação exigida aos blocos. Com a proximidade do carnaval, as ações devem ser intensificadas para garantir
PMDF
A Policia Militar do Distrito Federal vai empregar cerca de 2.500 policiais diariamente nos eventos carnavalescos, além do policiamento convencional que permanecerá em todo o Distrito Federal e nos atendimentos por meio do 190. “É importante destacar que que o policiais militares continuarão suas rotinas nas regiões administrativas e Plano Piloto, nos locais em que não haverá carnaval”, pontuou o chefe do Departamento Operacional da corporação, coronel Agrício da Silva.
Equipes especializadas também irão participar da Operação Carnaval 2020, como Cavalaria, Batalhão de Trânsito, motopatrulhamento e Batalhão de Operações Aéreas (BAVOP) e de Cães (BPCães), Rotam e Choque.
Os foliões serão revistados nas proximidades dos blocos. “Vamos fazer abordagens nos arredores e dentro dos blocos. O foco é retirar objetos que possam comprometer a segurança do evento, como garrafas de vidro e facas”, explicou o coronel. A divisão por setores e delimitação de horário foi elogiada pelo chefe do Departamento. “Desta forma, podemos concentrar os meios de atuação e atuar de forma coordenada, o que facilita nosso planejamento.”
De acordo com coronel Agrício, em parceria com órgãos de mobilidade, policiais militares irão reforçar a segurança nas estações do metrô e Rodoviária do Plano Piloto. “Vamos intensificar a atuação nesses locais durante a dispersão dos blocos. Os ônibus com grande concentração de pessoas serão acompanhados por viaturas até seu destino, para evitar depredação e manter a ordem pública”, afirmou.
Em parceria com outros órgãos, a PMDF irá confeccionar carteiras de identificação infantil, como ocorre todos os anos.
Cidade Policial
Para facilitar a atuação da corporação, a PMDF irá montar a Cidade Policial na Torre de TV. O local abrigará o Comando Móvel da corporação e servirá como ponto de apoio aos policiais.
Polícia Civil
O efetivo nas delegacias será reforçado, principalmente na área central, que concentra a maior parte dos eventos. Haverá também reforço na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) e Delegacias da Criança e do Adolescente I e II. A Delegacia Móvel, com postos avançados do Instituto de Identificação e de Criminalística, estará nos dias de evento nas proximidades dos blocos.
A Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (DECRIN) ficará sobre aviso e será acionada, caso necessário.
Bombeiros
Ao todo, 564 bombeiros-militares serão direcionados para atuarem exclusivamente nos eventos de carnaval. As viaturas – 84 – serão posicionadas em pontos estratégicos para atender mais rapidamente as ocorrências. “Teremos também militares fazendo rondas periódicas para realização de atividades preventivas. Daremos o apoio presencial, mas em caso de emergências os foliões poderão acionar nosso serviço de emergência, por meio do 193”, explicou o comandante operacional do CBMDF, coronel Wiliam Bomfim.
O militar ainda alerta para uma série de cuidados necessários nos dias de festa, como:
Alimentar-se de forma adequada;
Ingerir bastante água;
Fechar registro de água e gás ao sair de casa para evitar inundações e ou incêndio;
Usar roupas adequadas ao período do dia (roupas levas durante o dia e se agasalhar em eventos noturnos, por exemplo).
Bomfim ressalta ainda a importância de não estar sozinho nos eventos, principalmente crianças. “É sempre bom estar acompanhado nesses eventos com muita aglomeração de pessoas. Além de mais seguro, em casos de emergência terá sempre alguém para acionar nossas equipes”, explicou.
Detran
O Detran-DF vai empregar um efetivo de 450 agentes para realizar controle de tráfego em locais de festejos carnavalescos, para garantir a segurança dos foliões e demais usuários das vias.
Para a Operação serão utilizadas 100 viaturas, 12 motocicletas, uma aeronave, três guinchos e uma empilhadeira, de acordo com os planejamentos específicos realizados em função do público estimado para cada evento.
Haverá também intensificação das ações de fiscalização, principalmente durante as madrugadas, a fim de coibir infrações de trânsito que coloquem em risco a segurança de condutores e pedestres nas vias do Distrito Federal, como a condução de veículos sob efeito de álcool, uso do celular enquanto dirige e estacionamento em local proibido.
Educação
As equipes de educação de trânsito do Detran também já começaram as ações de sensibilização aos motoristas e pedestres sobre os cuidados necessários para uma folia sem acidentes. A Diretoria de Educação montará tendas nos eventos carnavalescos, com bonecos gigantes e entrega de material educativo, folder e viseira. Cerca de 20 educadores vão orientar sobre a importância de respeitar a legislação de trânsito, principalmente no que diz respeito a não dirigir após o consumo de bebida alcoólica e ao uso obrigatório do cinto de segurança.
*Com informações da Secretaria de Segurança Pública
Leia também: OPERÁRIO DA CEB VAI A ÓBITO APÓS LEVAR CHOQUE EM OUTDOOR



Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

disqus'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.