JAPÃO MANTÉM DATA DOS JOGOS OLÍMPICOS MESMO COM CORONAVÍRUS


   Ministra responsável pelo evento havia levantado rumores sobre mudança
   Mesmo com a mídia alimentantado um medo descnecessário, Japão mantém data dos jogos olímpicos.
   O governo do Japão enfatizou nesta quarta-feira (4) que mantém os planos de sediar os Jogos Olímpicos de Tóquio no verão, apesar da epidemia de coronavírus, em declaração alinhada ao pronunciamento feito pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) no dia anterior.
   – Continuamos ininterruptamente com a preparação para os Jogos Olímpicos tal como previsto, enquanto colaboramos estreitamente com o COI, com o Comitê Organizador e com o governo metropolitano de Tóquio – disse o ministro porta-voz do governo, Yoshihide Suga, em entrevista coletiva.Suga também agradeceu pelos “esforços” do Comitê Executivo do COI, que na véspera emitiu um comunicado no qual ressaltava o compromisso da entidade “com o êxito dos Jogos que serão realizados de 24 de julho a 9 de agosto” na capital japonesa.
   O Comitê Executivo do COI, que está reunido em Lausanne, na Suíça, confirmou assim as datas previstas, mas destacou que sempre seguirá as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).
   Os rumores de uma possível mudança nas datas do megaevento devido à epidemia de coronavírus foram reacendidos na terça-feira, após a ministra japonesa para os Jogos Olímpicos, Seiko Hashimoto, citar essa possibilidade em virtude do acordo assinado entre o COI e as autoridades japonesas.
   O acordo especifica que o COI só tem o poder de cancelar os Jogos de Tóquio se não houver opção de realizá-los em 2020, o que “poderia ser interpretado como que é possível adiar os Jogos”, desde que sejam realizados neste ano, disse a ministra em discurso a uma comissão parlamentar.
   *Com informações da Agência EFE
  Leia também: CORONAVÍRUS: COM 2 CASOS CONFIRMADOS, BRASIL MONITORA 488 SUSPEITOS

Postar um comentário

0 Comentários