“NICOLAS MADURO É DEMOCRATA”, DIZ LULA EM ENTREVISTA

    Por Oliver 
    Em 2 anos, a ditadura venezuelana matou 18 vezes mais que a ditadura militar brasileira O ex-presidente condenado Luis Inácio Lula da Silva concedeu uma entrevista ao portal UOL, no dia 21 de fevereiro, mas só foi publicada nesta semana. 
   Na entrevista, Lula chamou Nicolás Maduro, ditador da Venezuela, de democrata e atacou Juan Guaidó, líder da oposição venezuelana: “Se ele [Maduro] está fazendo um bom governo ou não, são outros 500. Agora, você não dá golpe em todos os países que não estão bem […] O Guaidó gostaria, na verdade, até tentou forçar, que os americanos invadissem a Venezuela. Ele deveria ter sido preso” 
   Evo Moralez, ex-presidente da Bolívia que renunciou por ser acusado de fraudes nas eleições e pressões dos militares, também foi defendido pelo ex-presidente condenado. Lula afirmou que problemas eleitorais, vários países têm: 
   “A [eleição] do George Bush não foi complicada contra o Al Gore? Foi complicada, o Bush tomou posse e governou oito anos. A do Trump não foi complicada? Foi complicada, ele tomou posse. A do Bolsonaro não foi complicada? Todo mundo sabe a farsa do fake news.” 
   Após a entrevista, Lula seguiu sua viagem pela Europa. Nesta segunda-feira, dia 3, recebeu o titulo de cidadão parisiense pelas mãos da prefeita socialista Anne Hidalgo. 
    Fonte: Senso Incomum 
  Leia também: EM 60 DIAS, JORNAL NACIONAL EXIBIU 47 MATÉRIAS CONTRA BOLSONARO

Postar um comentário

0 Comentários