PT NÃO ACEITA PERDER ELEIÇÃO E ARMA NOVO PLANO CONTRA BOLSONARO

O PT, assim como toda base da oposição, não engoliu até hoje, a derrota nas urnas em 2018 para o presidente da República Jair Bolsonaro, e vem tentando constantemente criar situações para tentar derrubar o governo federal.
Desde que foi eleito, Bolsonaro vem sofrendo com várias ações por parte de esquerda. Porém nenhuma delas tiveram sucesso e, o presidente segue firme no comando do Poder Executivo.
Tentando reverter a derrota nas urnas, representantes de movimentos sociais, de centrais sindicais e partidos de oposição se uniram nesta terça-feira (14), no gramado do Palácio do Congresso Nacional para divulgar um documento pedindo o impeachment do presidente Jair Bolsonaro.
O documento foi entregue na Câmara dos Deputados durante a manifestação. O ato tinha faixas, cartazes e cruzes de madeiras, que, segundo os organizadores, representavam as vítimas fatais do coronavírus, sendo 70 mil mortes em decorrência da doença.
Os organizadores divulgaram que o documento está sendo apoiado por artistas esquerdistas, como Chico Buarque e Lucélia Santos, comentaristas esportistas como CasaGrande e o ex-ministro Luiz Carlos Besser-Pereira.
A petição foi entregue a 4 deputados de oposição, que se comprometeram entregar o documento ao presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ).
Fonte: NBO

Postar um comentário

3 Comentários

  1. Bando de ladrões ordinário ,vcs tem culpa pelas mortes por proibirem a cloroquina agora quem derrubar um presidente honesto que Barbalha pelo povo , acabou pra vcs agora e cadeia a hora vai chegar 🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷

    ResponderExcluir
  2. E quanto ao superfaturamento de respiradores por parte de governos petistas? Estes corruptos também sofrerão impeachment ???

    E aquele que diz que roubará pouco ? Continua ainda como político ?

    E aqueles, daquela bancada, que recentemente VOTARAM CONTRA o projeto de saneamento básico que atingirá 90% da população, beneficiando sobretudo as comunidades mais carentes do País ?

    E aqueles que flamulam a bandeira da foice e o machado, simbolo do comunismo soviético que exterminou 14 milhões de pais, filhos e mães de família ? Estes também serão expulsos da política brasileira ?

    Quem são esses caras que a todo momento questiona a legitimidade da democracia do País, com atos de extremismo e ditatorial ?

    Me façam uma garapa!

    ResponderExcluir
  3. Da mesma forma que querem atribuir ao presidente Bolsonaro essas mortes devem se atribuir aos governos anteriores as mãos de 60 mil mortes anuais pela violência do tráfico de drogas que vcs esquerdistas dos infernos tanto são a favor

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.