RÚSSIA TENTA ROUBAR DADOS DA VACINA COVID-19 DIZEM EUA, CANADÁ E REINO UNIDO

Hackers apoiados pelo estado russo estão tentando roubar pesquisas sobre vacinas e tratamentos com COVID-19 de instituições acadêmicas e farmacêuticas de todo o mundo, informou nesta quinta-feira o Centro Nacional de Segurança Cibernética (NCSC) da Grã-Bretanha.
Uma declaração coordenada da Grã-Bretanha, Estados Unidos e Canadá atribuiu os ataques ao grupo APT29, também conhecido como Cozy Bear, que eles disseram estar quase certamente operando como parte dos serviços de inteligência russos.
"Condenamos esses ataques desprezíveis contra aqueles que fazem um trabalho vital para combater a pandemia de coronavírus", disse o diretor de operações da NCSC, Paul Chichester.
Pesquisadores de segurança cibernética disseram que uma ferramenta de hackers APT29 foi usada contra clientes localizados nos Estados Unidos, Japão, China e África no último ano.
A agência de notícias russa RIA citou o porta-voz Dmitry Peskov dizendo que o Kremlin rejeitou as alegações de Londres, que ele disse não serem apoiadas por evidências adequadas.Em um anúncio separado, a Grã-Bretanha também acusou "atores russos" de tentar interferir nas eleições de 2019, tentando espalhar documentos vazados on-line. O Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse que essas acusações eram "nebulosas e contraditórias".
A Grã-Bretanha deve publicar um relatório atrasado sobre a influência russa na política britânica na próxima semana.

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.