CÂMARA VOTA E MANTÉM VETO DE BOLSONARO A REAJUSTE

Placar de votação terminou com 316 votos pela manutenção do veto
Após votação nesta quinta-feira (20), a Câmara dos Deputados manteve o veto do presidente Jair Bolsonaro ao reajuste dos servidores públicos. O placar final terminou em 316 votos pela manutenção e 165 votos pela derrubada.
A medida impede que seja concedido, até o final de 2021, aumento a servidores públicos que estão no combate direto ao coronavírus, como profissionais de saúde, segurança pública, educação pública, assistência social, limpeza urbana e serviços funerários.
O congelamento de reajustes até o fim de 2021 foi negociado pelo governo como contrapartida ao pacote de socorro de R$ 60 bilhões a estados e municípios, afetados pela pandemia de coronavírus. Caso o veto fosse derrubado, as despesas da União, estados e municípios poderiam ter um aumento de R$ 98 bilhões. O reajuste, no entanto, não seria automático.

Postar um comentário

0 Comentários