O BOLSONARO ‘RAIZ’, DIRETO AO PONTO

Goste ou não do jeito dele, a verdade é que Jair Bolsonaro foi eleito assim: sem nenhum freio na língua.
Não foi apenas por defender bandeiras conservadoras ou por não ter seu nome envolvido em corrupção que Bolsonaro se destacou no cenário político.
Esses elementos ajudaram muito o nome dele a ter um destaque diferenciado, mas um dos principais fatores que fez Bolsonaro ganhar fôlego foi justamente dizer o que pensa.
Sem filtro, sem o politicamente correto e sem estar num pedestal polido e distante da realidade de muitos brasileiros.
A transparência de Jair Bolsonaro fez com que muitos se identificasse não apenas com o que ele diz, mas na forma de jogar as verdades enquanto muitos trabalham para escondê-las.
É óbvio que Bolsonaro não é mais um deputado federal como antes, e precisa estar a altura do cargo de presidente da República. Isso é óbvio.
Contudo, aquele Jair Bolsonaro, que desde o início falou a língua do povo, que sempre jogou verdades diante do cenário político, não pode morrer.
O que adianta falar a língua polida? O que adiantou a postura de uns e outros? Afinal, fomos levados para o buraco com presidentes cheios de ‘posturas’ e ‘classes’.
O brasileiro não quer e não espera por sofisticação, afinal a presidência da República não é um concurso de etiquetas.
O que a nação espera é que Jair Bolsonaro resgate o país do caos deixado por aqueles que lançaram o Brasil num lamaçal de corrupção, de desgoverno e de uma máquina pública completamente aparelhada.
O que os brasileiros esperam são atitudes reais: mais e mais geração de empregos; cortes de impostos que são pagos de modo exorbitante no país; queda da inflação que assusta o trabalhador; segurança em poder sair de suas casas para estudar, trabalhar, tendo a certeza que voltará em paz para seus lares.
O brasileiro real, fora da bolha, dá valor para o que de fato faz diferença no dia a dia.
Enquanto a imprensa brasileira e a oposição acharem que o problema está nas falas do presidente Jair Bolsonaro, ficarão cada vez mais distantes de entender o que de fato acontece no mundo real.
O brasileiro cansou de uma política de aparências. Que o Bolsonaro ‘raiz’ continue cada vez mais vivo para enterrar os velhos discursos e a velha política que insiste em assombrar o novo tempo que já chegou para o Brasil, informou o conexão política.
Fonte: Conexão Politica

Postar um comentário

0 Comentários