PESTE BUBÔNICA AVANÇA NA CHINA

A China determinou o isolamento do vilarejo Suji Xincun, fica na Mongólia Interior, depois que o território registrou a morte de um morador em decorrência da peste bubônica.
A morte do homem aconteceu no último domingo (2) mas um exame só confirmou a doença nesta quinta-feira (6).
O governo não soube dizer como a vítima contraiu a bactéria. Ainda assim, nove pessoas que tiveram contato com o homem e outras 26 relacionadas a ele testaram negativo para a doença, que ao longo da história chegou a dizimar mais de 50 milhões de pessoas.
Com esta vítima, sobe para dois o número de pessoas mortas pela doença na China recentemente. Já no mês passado, a Mongólia, que faz fronteira com a China, também confirmou a morte de uma pessoa com a doença.
Apesar de ser conhecida pela alta taxa de mortalidade, os casos de peste bubônica são considerados “normais” pelas autoridades dos dois países. 
Atualmente, a ciência consegue tratar a doença facilmente com antibióticos, informou o pleno news.
Fonte: Publica Brasil


Postar um comentário

0 Comentários