SECRETÁRIO DE TRANSPORTE DE DORIA É PRESO PELA LAVA JATO

A força tarefa da Lava Jato prendeu, nesta quinta-feira (6), Alexandre Baldy, Secretário Estadual de Transportes Metropolitanos do governo de São Paulo, gestão João Doria, por suspeita de fraudes na Saúde. Outras duas pessoas foram presas, entre eles um pesquisador da Fiocruz, Guilherme Franco Netto.
Baldy foi preso na Operação Dardanários, contra desvios na Saúde no Rio de Janeiro e em São Paulo, envolvendo órgãos federais.
Segundo as investigações, o secretário de João Doria -- deputado federal licenciado (Pode-GO) e ministro das Cidades no governo Temer --, responde por atos suspeitos antes de assumir a pasta, responsável pelo metrô paulistano e pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos.

Postar um comentário

0 Comentários