COM 26 MORTES, INCÊNDIOS NOS EUA AVANÇAM PARA OREGON E WASHINGTON

Pelo menos 26 pessoas já morreram por conta dos incêndios florestais que assolam a Costa Oeste dos Estados Unidos. Segundo as autoridades envolvidas nas buscas, há ainda dezenas de desaparecidos e centenas de desabrigados, consequência das gigantes chamas que queimaram milhões de hectares na região.
“Você nunca acredita que tudo vai acabar em chamas”, disse um residente do sul do estado de Oregon à KOBI, afiliada da CNN. “Está difícil de lidar.”
Entre as vítimas estão uma criança de 1 ano do Estado de Washington e um jovem em Oregon, que passou seus últimos momentos amontoado com seu cachorro em um carro envolto em chamas.
Enquanto os incêndios avançam, a qualidade do ar na região vai se deteriorando para níveis insalubres, o que, segundo médicos, pode deixar as pessoas mais vulneráveis à Covid-19.
A devastação generalizada também tem muito a ver com mudanças climáticas, apontam lideranças locais e especialistas, que consideram que a situação não deve melhorar nos próximos tempos.
Na Califórnia, cinco dos 10 maiores incêndios da história do estado são queimadas, de acordo com Gavin Newson, governador do estado.“A Califórnia está no meio de uma crise climática. Há apenas dois anos atrás essa área teve suas queimadas mais mortais. Agora, a poucos quilômetros de distância, outro incêndio mortal avança contra estas mesmas comunidades”, disse. “Não há dúvidas que as mudanças climáticas estão ocorrendo, e mais cedo que muitos esperavam.”
Na linha de frente, estão milhares de bombeiros que, até então, tiveram pouca ajuda climática – o tempo está quente e ventanias sopram as chamas. Autoridades afirmam que os fogos não devem recuar nos próximos dias.
Pelo menos oito incêndios em Oregon devem se manter ativos “até que as chuvas do inverno comecem a cair”, disse o chefe do Departamento de Fogos Florestais do estado, Doug Grafe.
Autoridades de Oregon se preparam para “incidente fatal em massa”
Incêndios em Oregon mataram pelo menos seis pessoas, e autoridades disseram na sexta (11) que estão se preparando para um “incidente fatal em massa”, baseado no número de estruturas carbonizadas até aqui.
Dezenas de pessoas já estão desaparecidas, afirma a governadora Kate Brown, principalmente nos condados de Jackson, Lane e Marion – todos na porção Oeste do estado.
“Mais de 40 mil pessoas já foram evacuadas e aproximadamente 500 mil estão em áreas de evacuação”, disse a mandatária.
Em Lyons, a 60 milhas de Portland, o fogo de Beachie Creek deixou comunidades em destroços e queimou mais de 186 mil hectares. “Tínhamos 29 casas no nosso quarteirão”, disse Monica Garrison à KATU, afiliada da CNN. “Agora sobraram 10.”
Este incêndio é o maior do estado e está 0% controlado, de acordo com autoridades. Bombeiros se apressam para conter as chamas antes que elas se encontrem com outro foco de incêndio próximo, o de Riverside, que já avançou 130 mil hectares e também está descontrolado
.“Nunca vi nada assim”
Na Califórnia, pelo menos 19 pessoas morreram desde que a temporada de queimadas começou. Bombeiros estão combatendo mais de duas dúzias de focos de incêndio no estado, mas autoridades expressaram que a melhora nas condições climáticas pode ajudar no combate das chamas.
Mais de 3,1 milhões de hectares já foram queimados, 26 vezes mais do que havia sido registrado na temporada anterior. Mais de 3,9 mil estruturas foram destruídas este ano, disseram autoridades.
Os fogos de Creek, que estão queimando as montanhas da Califórnia Central, já avançaram mais de 182 mil hectares e estão 6% contidos. Já as chamas do Complexo Norte, na região de Plumas, Butte e Yuba já destruiu 252 mil hectares e está 23% contido.
Autoridades do condado de Butte confirmaram que pelo menos duas pessoas morreram – incluindo um jovem de 16 anos que estava saindo da região no seu carro.
John Tripp, que conseguiu evacuar sua casa em Butte, afirma que não sabe o que vai encontrar quando retornar. “Eu sou de Miami. Já presenciei furacões e tornados, mas nunca vi nada assim”, disse à KCRA, afiliada da CNN. “É difícil não saber se sobrou alguma coisa.”
80% dos edifícios de cidade em Washington foram destruídos
Os últimos cinco dias fizeram com que o Estado de Washington atingisse a segunda pior temporada de incêndios da sua história, disse o governador Jay Inslee na sexta. O estado tem pelo menos 16 focos de queimadas.
“Estes não são apenas incêndios, são fogos climáticos. Mas não podemos e não vamos largar nosso estado”, disse. “Quando olho nos olhos das pessoas que perderam suas casas e vejo suas lágrimas, acredito que estas pessoas merecem uma resposta.”
Inslee visitou uma pequena cidade no Leste de Washington que foi devastada pelos fogos. 80% dos edifícios de Malden – incluindo o quartel de bombeiros, os correios, a Câmara Municipal e a biblioteca da cidade – foram completamente destruídos.
“Parecia a explosão de uma bomba”, disseram autoridades à KIRO, afiliada da CNN.
Em outro ponto do estado, um menino de 1 ano foi morto e seus pais ficaram severamente queimados enquanto tentavam escapar do incêndio.
A família estava visitando sua propriedade em área rural a Oeste de Spokane e evacuou no meio da noite, quando as chamas se aproximaram. Eles abandonaram o seu veículo e correram em direção a um rio. O casal foi resgatado, mas o filho não resistiu.
Fonte: CNN

Postar um comentário

0 Comentários