Banner Acima Menu INTERNAS

"O que ele falou na live eu também falei", diz Bolsonaro sobre Francischini

O presidente criticou a atuação do Supremo em manter a cassação do deputado por um crime que não existe
O presidente da República, Jair Bolsonaro, durante discurso de lançamento do Programa Brasil pela Vida e pela Família, nesta terça-feira (7), criticou a decisão do Supremo Tribunal Federal em manter a cassação do deputado estadual Fernando Francischini (UB-PR). "O que ele falou na live, eu também falei para todo mundo", disse o presidente, se referindo às acusações de fraude nas eleições de 2018.
Bolsonaro recorda as denúncias feitas por ele e outros deputados sobre as suspeitas de fraude nas urnas eleitorais, suspeitas que ministros do STF vêem como "perigosas".
"Quando você apertava o número 1, já aparecia o 13 na tela e concluía a votação. Foram dezenas de vídeos, de pessoas ligando para mim ao longo da noite, da primeira votação, do primeiro turno de 2018. Isso é uma verdade, e esse deputado foi cassado", disse o presidente.
Bolsonaro também afirmou que o objetivo dos ministros do Supremo é criar jurisprudência para perseguições políticas. O chefe do executivo brasileiro lembrou que Francischini foi absolvido por maioria na justiça do Paraná, sendo condenado em seguida pelo Tribunal Superior Eleitoral.
"Não existe infração penal para fake news", disse o presidente.
"Se for para punir com fake news a derrubada de páginas, fecha a imprensa brasileira, que é uma fábrica de fake news. Em especial O Globo, Folha...", disse.
"Era criar jurisprudência para perseguir os outros, que porventura não gostasse do comportamento, deputados que estão aqui e que por ventura estão nos ouvindo, vai chegar a sua hora, se não se indignarem", disse o presidente. 
O presidente recordou ainda que um hacker se encontra preso por atentar contra as urnas cuja fragilidade, segundo ele, não se pode mencionar.
Fonte: Brasil Sem Medo
Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

Postar um comentário

0 Comentários