Banner Acima Menu INTERNAS

Ibaneis destaca crescimento do Riacho Fundo II com a chegada de grandes empreendimentos


Desde 2019, Ibaneis investiu mais de R$ 110 milhões na cidade ao construir UPA, UBS, viaduto e reformar equipamentos públicos
O Riacho Fundo II deixou de ser uma cidade-dormitório para se transformar numa das cidades com maior desenvolvimento no DF. Prova disso são os mais de R$ 110 milhões investidos em obras na cidade, que contabilizam a construção de um viaduto no entroncamento com o Recanto das Emas, a entrega de uma UPA e da maior UBS do DF, a reforma da Feira Permanente e do Skate Park, a duplicação da Avenida N3 e muito mais.
Parte dessas obras foram conferidas pelo governador Ibaneis Rocha nesta quinta-feira (28), em agenda pela cidade. O pré-candidato à reeleição pelo MDB se reuniu com empresários do ramo atacadista na cidade e também ouviu moradores e comerciantes nas ruas da região administrativa. A caminhada foi acompanhada pela pré-candidata à vice-governadora Celina Leão (PP).
“O Riacho Fundo II era um local voltado simplesmente para as moradias, mas nós incentivamos muito o comércio aqui da cidade, fizemos uma licitação muito grande e grandes empreendimentos têm vindo para cá é isso tem gerado emprego para a população da cidade e eu fico feliz quando você passa pelas ruas e vê também que novos comércios estão abrindo. Isso é sinal que a cidade está evoluindo cada vez mais. Precisamos ainda avançar aqui, trazer uma agência do BRB, não tinha postos de gasolina e autorizamos dois postos aqui também e a gente quer transformar a vida dos moradores daqui”, afirma Ibaneis Rocha.
A cidade era chamada de dormitório porque os moradores precisavam ir até outras cidades para buscar serviços básicos. Agora, a realidade tem mudado.. Além dos investimentos citados acima, o Riacho Fundo II também abriu as portas de um amplo Centro Interescolar de Línguas (CIL) capaz de atender mais de 3 mil alunos, e recebeu um importante investimento em infraestrutura e sistema de abastecimento de água potável e esgotamento sanitário.
Colaborador de uma ótica da cidade, Israel Pereira tem notado a transformação da cidade. “Ele está cumprindo as metas que ele prometeu. A parte de obras está sendo bem-feita, e em outras áreas e cidades também. A população do DF estava largada, tem muito a ser feito, mas está melhor do que antes”, disse.
Ibaneis fez pelo Riacho Fundo II:
Viaduto do Riacho Fundo II/Recanto das Emas (em construção) após espera de quase 30 anos
UPA do Riacho Fundo II, uma das 7 entregues pela atual gestão
Unidade Básica de Saúde 5, uma das maiores estruturas da Atenção Primária no DF
Centro Interescolar de Línguas (CIL) para atender até 3 mil estudantes
Reforma da Feira Permanente
Reforma do Skate Park
Mais de 4 km de calçadas

Postar um comentário

0 Comentários