TITULO

AÇÕES DO CBMDF CONTRIBUEM PARA REDUÇÃO DE 97,33% NOS CASOS DE DENGUE, CHIKUNGUNYA E ZIKA

No segundo semestre de 2016, o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal aprimorou as ações de combate ao Aedes aegypti, intensificando as ações de manejo ambiental em complemento às inspeções domiciliares realizadas com apoio da Secretária de Saúde.
O manejo ambiental aplicado mo controle de Aedes aegypti consiste na adoção de medidas de manipulação do ambiente com o objetivo de reduzir a oferta de criadouros do vetor. Além da regular coleta de lixo e entulho, realizada pela NOVACAP e SLU, iniciou-se um trabalho de manejo intradomiciliar, no qual são recolhidos materiais inservíveis que são deixados do lado de fora das residências após aviso prévio à população. Esta ação contou com o importante apoio da Secretaria das Cidades que coordenou os trabalhos junto às Administrações Regionais.
As estratégias de enfrentamento aos vetores adotados pelo Governo do Distrito Federal e o CBMDF em 2016, contribuíram sobremaneira na drástica redução do número de pessoas infectadas pela Dengue. O CBMDF notificou na primeira semana de 2017, apenas 13 casos prováveis de dengue em residências do DF. conforme o Informativo Epidemiológico de Dengue, Chikungunya e Zika n.º 2, de janeiro de 2017, Já no mesmo período do ano passado, foram notificados 487 casos, a partir destes dados pode se notar o trabalho intensivo da corporação que contribuiu para a queda significativa dos casos de um ano para o outro, o que corresponde a uma variação de -97,33%
Fonte: BombeirosDF

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.