BOLSONARO “VOU DAR TODO APOIO E VALORIZAÇÃO AOS POLICIAIS E BOMBEIROS DO BRASIL””

Por Poliglota
Nesta quarta-feira(13), o Clube dos Oficiais da Polícia Militar (COPM) foi palco de mais uma reunião do presidenciável Jair Bolsonaro, dessa vez direcionada ao segmento de segurança pública do Distrito Federal.
Bastante descontraído e sentindo-se em casa, Bolsonaro, que está à frente das pesquisas eleitorais para presidente da república, se comprometeu, como em todos os seus discursos voltados para a área, a defender a segurança pública, principalmente os policiais das forças ostensivas e judiciárias. Em caso de necessidades pontuais das unidades federativas, é projeto dele ter uma equipe para estudar caso a caso. Bolsonaro disse que em 2018, caso seja a vontade de Deus, na cadeira presidencial estará um soldado.
Quis o destino que nos encontrássemos aqui em Brasília. O regulamento disciplinar não pode servir para que governadores se prevaleçam sobre as instituições Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar. O Cabo não tinha voz. Quero dizer que em 2018 não teremos um General, um coronel, um capitão ou um Cabo. Se essa for a vontade de Deus, teremos um Soldado na Presidência da República”, afirmou Bolsonaro.
O evento contou com cerca de 300 pessoas ligadas à área de segurança pública. Policiais da ativa e da reserva se fizeram presentes, assim como segmentos que buscam a valorização das classes de policiais e bombeiros, como o grupo de Esposas Unidas da PMDF, que reivindicam melhorias na área de saúde da PMDF para policiais, dependentes e pensionistas.
Nos projetos prioritários de Bolsonaro estão a excludente de ilicitude caso houvesse autos de resistência, a luta pelo fim da audiência de custódia e a valorização dos servidores da segurança a nível nacional, dando assim mais respaldo e aos profissionais da segurança pública, isso, caso seja eleito.
O deputado Alberto Fraga, coronel da PMDF e presidente da Frente Parlamentar de Segurança Pública no Congresso Nacional, afirmou que não há outra saída para mudanças que não seja Jair Bolsonaro. Declarou sua pré-candidatura ao GDF e se comprometeu a lutar pela segurança pública da capital.
Quem também não deixou de comparecer foram os pretensos candidatos das corporações para os próximos pleitos eleitorais de 2018 e as representações de associações de policiais do DF. Com discursos de apoio a “Bolsonaro Presidente e Alberto Fraga (DEM-DF) governador do DF”, os discursos foram acalorados.
Da redação,

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.