MERGULHADOR MORRE EM OPERAÇÃO DE RESGATE DE GAROTOS PRESOS EM CAVERNA NA TAILÂNDIA


Um mergulhador, ex-integrante da marinha tailandesa, que participava da operação de resgate dos 12 garotos e seu treinador, presos há 12 dias em uma caverna no norte do país, morreu na madrugada desta sexta-feira (6), no horário local.
Segundo as redes CNN e BBC, autoridades informam que o homem perdeu a consciência por falta de ar, por volta das 2h desta sexta (17h de quinta no Brasil), pouco depois de entregar tanques de oxigênio ao grupo. Ele retornava a um centro de comando, a 2 km dentro da caverna.
"Um ex-mergulhador da marinha que se ofereceu para ajudar morreu nesta madrugada por volta das 2h", disse o vice-governador da cidade de Chiang Rai, Passakorn Boonyaluck, a jornalistas no local de resgate, segundo informa a BBC. "Seu trabalho era entregar oxigênio. Ele não teve o suficiente no caminho de volta", complementou o vice-governador.
A BBC diz que o ex-mergulhador se chamava Saman Gunan e tinha 38 anos. "Perdeu a consciência no caminho de volta, seu companheiro de mergulho tentou ajudá-lo e carregá-lo", revelou o oficial da marinha Apakorn Yookongkaew.
Os meninos, com idades entre 11 e 16 anos, e o técnico de 25 anos acabaram presos na caverna no dia 23 de junho após forte chuva inundar o local. Eles foram encontrados com vida por mergulhadores ingleses na segunda-feira (2).

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.