DESESPERADOS PARA TRABALHAREM COMERCIANTES CERCAM CARRO DE PREFEITO NO INTERIOR DE SP

Dívidas acumuladas, falta de dinheiro para pagar funcionários, falta de dinheiro para pagar aluguel, falta de dinheiro para colocar comida e remédios dentro de casa, falta de dinheiro para pagar a escola dos filhos, etc… esse é o perfil da maioria dos comerciantes e autônomos brasileiros.
Isso sem falar nas doenças físicas e psicológicas (muitas irreversíveis) que estão sendo causadas a essas pessoas devido às restrições nos comércios.
Pois bem … no auge do desalento, comerciantes cercaram o carro do prefeito de Ribeirão Preto (SP) e atacaram o veículo com socos e chutes na manhã desta quarta-feira (15).
O grupo de 50 pessoas precisou ser contido por agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e policiais militares que acompanhavam o ato.
Em nota, a Prefeitura de Ribeirão Preto informou que repudia com veemência os atos descabidos, inconsequentes e inaceitáveis praticados por agressores e que os responsáveis deverão responder por atos criminosos.
Nada justifica a violência, mas outros atos como esse se poderão se tornar frequentes em um futuro não muito distante.
“Quando a fome bate e você vê um filho passando fome, o instinto de sobrevivência substitui a racionalidade.”
Fonte: Diário Do Brasil
Leia também: PT NÃO ACEITA PERDER ELEIÇÃO E ARMA NOVO PLANO CONTRA BOLSONARO

Postar um comentário

0 Comentários