‘QUEREM CALAR SOLDADOS DE BOLSONARO’, DIZ BIA KICIS


Deputada e outros 17 correligionários foram penalizados pela Executiva do PSL.
A deputada federal Bia Kicis (DF) foi suspensa, nesta terça-feira (3), durante seis meses pelo diretório nacional do Partido Social Liberal (PSL). 
Kicis e mais 13 deputados do PSL alinhados ao presidente da República, Jair Bolsonaro, estão com as atividades partidárias interrompidas. 
Na prática, segundo o site Metrópoles, Kicis e os correligionários ficam impedidos de representar o partido em comissões e discursos no plenário. 
Em mensagem no Twitter, ao compartilhar a foto da reunião da diretoria do partido, a deputada comentou a determinação da legenda: 
A turma da foto aí embaixo do PSL raiz, como se autodeclaram, puniu com suspensão de seis meses a mim e a vários outros deputados que pedimos transparência ao PSL. Eduardo Bolsonaro e outros pegaram 12 meses; outros 10; outros três meses. Querem calar os soldados do Jair Bolsonaro e se dizem leais.
Fonte: Renova Mídia

2 comentários:

  1. Esse povo corruptos não interagem com o time nosso Bolsonaro.

    ResponderExcluir
  2. Os traíras que surfaram na onda Bolsonaro já cairam as máscaras e vamos alertar a população pois quem não tem lealdade não tem moral pra nada e gente assim que age como esquerdista não merece voto tão pouco apreço. São oportunistas que colocam as vontades pessoais acima do interesse público pelo qual foram eleitos.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.